TECNOLOGIA

Robô motoboy usa reconhecimento facial para fazer entregas

Author

YAPE é um carrinho autônomo que promete facilitar o delivery nas grandes cidades

Robô motoboy usa reconhecimento facial para fazer entregas

Parece coisa do desenho Os Jetsons, mas é realidade. Esse pequeno robô com rodinhas, batizado de YAPE, é um veículo autônomo programado para andar pelas calçadas da cidade fazendo entregas - um motoboy high tech.

Quem teve a ideia e está testando o conceito foi a empresa italiana E-Novia. Funciona assim: a pessoa que deseja fazer o envio abre o compartimento de carga e coloca um pacote de até 70 quilos lá dentro. Então basta programar a tarefa do robô usando um aplicativo de celular. É só inserir um destino (à distância de até 80 quilômetros) e selecionar a pessoa para a qual ele deverá entregar a encomenda.

O robô sai, então, andando sozinho pelas ruas à velocidade de 20 quilômetros por hora, usando seus sensores, câmeras e GPS para se locomover. A tecnologia é parecida com a usada pelos carros autônomos. Segundo o fabricante, o YAPE consegue atravessar a rua, não esbarra nos pedestres e respeita os semáforos.

Quando chega ao seu destino, o robô só pode ser aberto pelo destinatário cadastrado. Com sua câmera, o carrinho autônomo reconhece a face da pessoa e destranca o compartimento de cargas, permitindo o acesso ao pacote enviado.

Segundo a empresa, a tecnologia já está bastante avançada. O maior problema para que a novidade chegue ao mercado é a regulamentação do produto. Imagine vários YAPEs andando pelas ruas, e como isso poderia ser um estorvo para os pedestres. Pior ainda: parece bem difícil garantir a segurança dos robôs, que poderiam ser roubados facilmente.

De qualquer forma, o carrinho de entrega italiano aponta para um futuro interessante no qual robôs tendem a realizar tarefas simples e atuar como nossos assistentes pessoais.