RELACIONAMENTOS

A maneira como a mídia fala de Larissa Manoela é assustadora

Author
A maneira como a mídia fala de Larissa Manoela é assustadora

Imagem: Divulgação

Se você ainda não sabe, essa é a Larissa Manoela. Ela nasceu no finalzinho do ano 2000, tem 16 anos, ficou famosa como Maria Joaquina, na novelinha Carrossel (SBT - 2012), e é atriz, cantora e personalidade da internet. Vou repetir: Larissa tem 16 anos. Sim, ela é uma atriz famosa, é rica, já comprou seu apartamento e tem uma legião de fãs. Mas tem 16 anos. No entanto, pelo jeito como a mídia fala dela, não parece se tratar de uma adolescente. 

A maneira como a mídia fala de Larissa Manoela é assustadora

Via de regra, a maioria das manchetes que mencionam Larissa falam de namorados, supostos namorados ou pretendentes. E quando não encontram um homem, fazem questão de carimbá-la como "solteira". Como se uma mulher - ou uma garota de 16 anos - estivesse incompleta por não estar em um relacionamento. Isso tira Larissa do protagonismo de sua própria história. Ela é sempre vista como a namorada ou pretendente de alguém, e quando não, é uma solteira. Seus projetos e sua carreira são menos importantes do que um possível homem ao seu lado.

A maneira como a mídia fala de Larissa Manoela é assustadora

A aparência da garota também é uma questão sempre tocada, e muitas vezes com um tom que a sexualiza, como no caso da manchete do site Pure Pop, que a colocou ao lado de Sophia Abrahão, 10 anos mais velha que Larissa. E não interessa se foi ela quem escolheu seus looks, se a maneira como ela se veste é "adulta" ou se ela procura ou não esse tipo de atenção. Larissa é uma adolescente, está na idade de experimentar, cometer erros e descobrir sua personalidade. Quem deveria ter noção são os adultos ao seu redor. 

A maneira como a mídia fala de Larissa Manoela é assustadora

E não é apenas a mídia tradicional que vacila ao lidar com a garota. Larissa frequentemente participa de vídeos com colegas youtubers, muitas vezes mais velhos que ela - como Matheus Mazzafera (36 anos), e os assuntos tratados são desconcertantes. Sempre falam de homens, perguntam sobre ex-namorados e questionam a garota sobre outros famosos com quem ela "ficaria "- gerando ainda mais repercussão nos jornais.

A maneira como a mídia fala de Larissa Manoela é assustadora

Até a Capricho, que nos últimos anos vem mudando sua linha editorial e procurando assuntos que empoderem as leitoras, entrou na onda de "shippar" Larissa com homens mais velhos. Neymar tem 25 anos, gente, o que vocês têm na cabeça? 

Exemplos de como a mídia adultiza e sexualiza a garota não são poucos, é só entrar no google e procurar pelo seu nome. São entrevistas focadas em relacionamentos, fotografias destacando seu corpo, manchetes que associam seu valor à sua aparência e até cobranças se ela aparece menos magra do que o esperado. Em tempos de discussões sobre representatividade, respeito à mulher e luta contra abusos, a mídia brasileira merece um zero.