MULHERES

Você colaria um acessório na cabeça do seu bebê?

Author

Uma empresa brasileira desenvolveu uma cola para grudar acessórios na cabeça de meninas, tudo para que os pais não corram o perigosíssimo risco de sua recém nascida seja confundida com um menino.

Você colaria um acessório na cabeça do seu bebê?

O site da empresa que desenvolveu a cola, a Babydeia, ainda está em construção, mas uma pesquisa mostra que o produto está no mercado há pelo menos dois anos, de acordo com o review de algumas mães blogueiras. O caso veio à tona quando o PlayGround BR fez um vídeo com imagens promocionais da marca e compartilhou no facebook. 

Segundo um blog, a "girlie glue", como é chamada, vem para substituir a técnica de colar o acessório usando sabonete (???). Na descrição, a empresa afirma que a cola é para mamães (porque pais obviamente não cuidam das filhas) deixarem suas princesas lindas com toda a segurança. "Às vezes na correria do dia-a-dia, não dá tempo de enfeitar e colocar uma roupinha rosa, então eu só passo a colinha, coloco o lacinho e tá tudo certo", afirma uma mãe no vídeo.

Essa história inteira é ridícula, mas é bom lembrar que não é novidade. Todo o famoso "enxoval" já é desenhado de acordo com o possível sexo da criança, e acessórios para meninas existem há séculos, inclusive brincos. A importância que alguns pais e mães dão para a divulgação do gênero do bebê, muito antes dele nascer, é uma coisa fascinante. Afinal, qual o problema de pensarem que sua filha é um menino ou vice-versa? Não basta esclarecer caso alguém pergunte? Eu hein...