CELEBRIDADES

Karol Conka reage a assédio e enfrenta gringo em hotel do Rio de Janeiro

Author
Karol Conka reage a assédio e enfrenta gringo em hotel do Rio de Janeiro

Imagem: Creative Commons

Quem precisa de Mulher Maravilha quando se tem Karol Conka, não é, minha gente? A cantora relatou, em sua conta do Instagram, que presenciou uma cena de assédio no Sheraton, um badalado hotel do Rio de Janeiro. Karol contou que um estrangeiro passou a mão nas nádegas de uma mulher, além de ter se masturbado em público. Como ninguém tomou uma atitude, a cantora resolveu interferir. "Porra, Brasil, a gente está no Sheraton, curtindo o final de trabalho pra chegarem os gringos aqui e chamarem as menina de puta e passarem a mão nelas. É o dia inteiro, é todo dia isso, gente", desabafou ela.

Karol explicou também que, ao ouvir a denúncia, os funcionários do hotel nada fizeram, e apenas depois que ela interferiu alguém apareceu para conversar com o assediador. Ainda assim, o homem teve permissão para permanecer próximo das vítimas, na piscina. "Eu acho que a medida que tinha que ser tomada pelo Sheraton é a seguinte: o cara passou a mão nas meninas, fez gesto obsceno? Tira o cara do local, que está todo mundo curtindo, e vai resolver pra lá. Mas estão aqui, tranquilamente, só falta dar beijinho na testa do tarado".

Em nota oficial à imprensa, o hotel disse que tomou as providências devidas, acionou a segurança local e se ofereceu para entrar em contato com as autoridades. Karol não se deu por satisfeita e atacou o agressor: "A gerência do hotel disse levou ele pra lá, não resolveu muito, quem teve que resolver fui eu e o pessoal aqui, e acabei dando na cara dele". A cantora aproveitou e deixou um belo recado: "Quando você se cala diante de uma situação de abuso ou agressão, você é cúmplice. Então quando você vir uma situação dessa, reaja, faça alguma coisa, não fique do lado do agressor, por favor".

Confira a compilação dos Stories com o desabafo da Karol no vídeo abaixo: