CELEBRIDADES

Stan Lee pede ordem de restrição contra antigo empresário

Author
Stan Lee pede ordem de restrição contra antigo empresário

Aos 95 anos, o gênio dos quadrinhos Stan Lee tem enfrentado vários problemas com pessoas má intencionadas na sua vida. O famoso criador sofreu golpes financeiros e abusos físicos e psicológicos de pessoas da família e da sua equipe, principalmente após a morte de sua esposa, Joan Lee. Ontem a polícia da Califórnia confirmou que o artista pediu uma ordem de restrição contra Keya Morgan, seu antigo empresário, segundo o site The Wrap.

Morgan chegou preso por prestar falsa queixa às autoridades policiais da Califórnia, sendo solto após pagar uma fiança de US$ 20 mil. Em fevereiro deste ano, o empresário acusou Max Anderson, gerente de turnês de Lee, de roubar itens pessoais do roteirista, além de dinheiro arrecadado nas aparições públicas. Um vídeo com a equipe de Max tratando Lee com grosseria e obrigando o autor, que parece não entender direito onde está, a autografar uma série de revistas para os fãs chocou a internet. Não se sabe se as tais acusações falsas sejam relacionadas a isso.

Em dezembro do ano passado, Jerry Olivarez, conselheiro e mandatário de Lee, foi acusado de assinar um cheque de US$ 300 mil para si mesmo e comprar um apartamento de US$ 850 mil com o dinheiro do roteirista. Em abril de 2018 o site TMZ afirmou que Olivarez coletou ampolas do sangue de Stan para que ele fosse misturado a uma tinta especial que seria colocada em canetas, para que Lee assinasse HQs especiais para colecionadores.