SAÚDE

4 dicas de como inserir mais frutas, verduras e legumes na sua alimentação

Author
4 dicas de como inserir mais frutas, verduras e legumes na sua alimentação

No nosso último artigo, falamos sobre a quantidade ideal de frutas, verduras e legumes que todos deveriam consumir diariamente. Infelizmente, apenas 1 em cada 10 brasileiros consegue atingir a meta estabelecida pela OMS, de acordo com o IBGE. Entre os fatores mais apontados para essa situação, está a falta de tempo para comprar, preparar e consumir esses alimentos.

Se você faz parte desse grupo que precisa encontrar uma maneira de inserir mais alimentos naturais na sua alimentação diária, mas não tem muito tempo para isso, esse artigo é para você. Nós elencamos as quatro melhores dicas de como fazer isso sem que você precise dedicar horas do seu dia a essa tarefa. Confira:

1. Não deixe faltar alimentos frescos em casa

Sempre ter frutas, verduras e legumes à disposição estimula o consumo, principalmente quando a fome bate nas horas mais inusitadas. Você pode, inclusive, deixar as frutas já picadas na geladeira, o que facilita ainda mais na hora de comer.

Para as crianças, deixe alimentos como maçãs, peras, uvas e ameixas já lavadas e na altura em que os pequenos consigam pegar e comer. E lembre-se: as crianças costumam observar os pais quando o assunto é alimentação. Seja um exemplo para o seu filho!

2. Aposte nos serviços de delivery

Uma das atividades que mais consome tempo é a escolha e compra desses alimentos. Sair de casa, ir ao supermercado, escolher cada fruta, verdura e legume, pegar fila e congestionamento até chegar em casa desencoraja muita gente a comprar vegetais.

Isso acontece por que como são bastante perecíveis, para manter a casa sempre abastecida de alimentos frescos, você precisaria fazer mais visitas ao supermercado ou à feira. Por causa disso, muita gente se rende aos fast foods, que reinam no mercado de delivery.

A boa notícia é que já existe delivery de frutas, verduras e legumes que faz entregas de alimentos frescos na sua casa, inclusive colhidos no mesmo dia. A Pede Sabores, por exemplo, faz tudo isso em São Paulo. Você escolhe os alimentos que mais gosta, na quantidade certa e recebe em casa.

3. Troque seus snacks da tarde por alimentos naturais

Aquela história de que comer frutas dá trabalho é só uma desculpa – elimine-a da sua vida. Frutas como maçã, pera, banana, ameixa, tangerina e uva são de consumo rápido: é só lavar ou descascar e pronto! É o mesmo esforço que você teria para abrir um salgadinho.

Outra ideia de snack para o lanche no trabalho são os mix de oleaginosas. Misturar castanhas, amêndoas, nozes e outras sementes forma um snack delicioso e nutritivo. Também existem opções de chips mais saudáveis como chips de batata doce e cenoura.

A ideia é que você vá substituindo aos poucos os industrializados pelos naturais até que você não sinta mais a diferença. E não tenha dúvidas: alimentos frescos vão lhe trazer a mesma saciedade dos industrializados com a vantagem de ter menos gordura, sódio, conservantes e açúcares refinados.

4. Congele alimentos para fazer sucos

Essa ideia é para aquela pessoa que acaba optando pelo refrigerante por que acha que suco dá trabalho. Não vamos mentir, você vai precisar reservar um tempo para preparar as frutas para o congelamento, mas depois disso é só tirar da geladeira e bater no liquidificador.

Frutas como manga, abacaxi, mirtilo, morango, banana, amora, pêssego e framboesa podem ser lavadas e congeladas em pedaços. Retire as cascas e as sementes (se houver), pique em cubos, coloque em sacos plásticos com zíper e leve ao congelador. Você pode inclusive fazer etiquetas para cada saquinho, assim fica mais fácil identificar qual fruta está ali.

Depois é só colocar no liquidificador (congeladas mesmo) e bater com água, água de coco, leites e outras frutas e verduras frescas para fazer deliciosos sucos e smoothies. Aí é só deixar a sua criatividade falar mais alto e fazer suas próprias combinações.

Você tem mais dicas de como adicionar mais frutas, verduras e legumes na alimentação sem dar trabalho? Deixe a sua aqui nos comentários!