FUTEBOL

Bateu e foi suspenso: árbitro que agrediu brasileiro na França pega gancho de três meses

Author
Bateu e foi suspenso: árbitro que agrediu brasileiro na França pega gancho de três meses

(Reprodução)

O futebol francês anda bem rigoroso em suas punições. Neymar já foi punido, Malcom está na reta e quem sentiu a mão pesada da Comissão Disciplinar da Liga de Futebolistas Profissionais da França foi o árbitro Tony Chapron. Lembra dele? Isso, aquele carequinha que agrediu o zagueiro brasileiro Diego Carlos, do Nantes, em partida contra o PSG.

Pois bem. No lance, Chapron corria para marcar um lance e trombou com Diego Carlos, por acidente. Ao cair no chão, o juizão ficou irritado e deu um pontapé no brasileiro. Ainda em trase de pura raiva, o árbitro francês expulsou o brasileiro. O caso foi tão ridículo que ele foi suspenso preventivamente no dia seguinte ao jogo.

Devido a esse lance aí, Chapron levou um gancho de três meses. E só poderá retornar aos gramados em maio. Aos 45 anos, ele tem planos de se aposentar o fim dessa temporada, em junho. Ou seja, a lambança cometida no jogo reduziu a chance de ter um fim de carreira com participação farta em jogos. Chapron foi considerado culpado por "tentativa de agressão/tentativa de brutalidade".