ESPORTES

Ele jogou uma Copa e no Real Madrid e agora vai para a segundona inglesa

Author
Ele jogou uma Copa e no Real Madrid e agora vai para a segundona inglesa

(Orlando City / Divulgação)

Júlio Baptista surgiu como grande promessa do São Paulo no início do anos 2000. Meia-atacante de ótimo porte físico, rápido e boa batida na bola acabou vendido para o Sevilla, da Espanha. As atuações foram tão boas que ganhou o apelido de La Bestia. A partir dali passou a ser convocado constantemente para a seleção brasileira.

Acabou negociado em 2005 ao Real Madrid, por um valor de 20 milhões de euros, considerado alto na época. Teve altos e baixos, acabou emprestado ao Arsenal, da Inglaterra e jogou a Copa de 2010 pela seleção de Dunga. Aí entrou em declínio. Passou por Roma, Málaga, até voltar ao Brasil, onde defendeu o Cruzeiro. Recentemente, o jogador de 35 anos estava no Orlando City, dos Estados Unidos.

Por isso a surpresa quando imprensa inglesa noticiou que ele está próximo de ser anunciado como reforço do Bolton, da Segunda Divisão do país. O time é o lanterninha da Segundona, com dois pontos em cinco jogos disputados e tem sido cobrado pelos torcedores por reforços. Júlio chegaria sem custos pela transferência, já que foi dispensado do Orlando City em novembro de 2016. Mas ainda assim o nome causou espanto.