ESPORTES

Ele passou por Corinthians e seleção, mas encerrou a carreira antes do 30 anos

Author
Ele passou por Corinthians e seleção, mas encerrou a carreira antes do 30 anos

(Divulgação / CBF)

A carreira de jogador de futebol é incrivelmente rápida. São cerca de 15 anos como atleta profissional e por volta dos 35 anos, em média, ela chega ao fim. Às vezes estica para mais, às vezes acaba antes. Mas o agora ex-goleiro Renan foi um verdadeiro meteoro,do sucesso ao ostracismo e, enfim, à aposentadoria.

O rapaz surgiu no Avaí e estourou aos 20 anos, em 2010, com boas atuações no gol. Foi tão bem que acabou convocado pelo técnico Mano Menezes para a seleção brasileira, na reformulação após a Copa do Mundo. Dali para o Corinthians foi um pulo.E ele fracassou. Apenas três jogos como titular, atuações contestadas.

Renan, então, virou um andarilho da bola. Rodou por Vitória, Estoril, de Portugal, Guarani, Botafogo-SP, Bragantino, Caxias e Tigres, do Rio. Em 2016 decidiu suspender a carreira. Agora, no fim de 2017, o garoto que chegou precocemente à seleção encerrou a carreira. Aos 27 anos.

O jogador confirmou ao site Globoesporte.com que "vai encerrar por aqui". Renan tem agora uma empresa de construção civil no interior de Santa Catarina e pretende tocar a vida desta maneira. Em apenas sete anos, o garoto foi do estrelato à aposentadoria.