ESPORTES

Ele voltou ao futebol depois de dois anos e ainda fez um gol

Author
Ele voltou ao futebol depois de dois anos e ainda fez um gol

(Twitter / Cruzeiro)

Futebol, meus amigos, tem dessas. Quando um jogo parece não ter tanto interesse assim no fim de campeonato, quando a temporada de um clube, no caso o Cruzeiro, parece não reservar mais surpresas, ela aparece. E assim, de supetão. De fazer chorar. Graças ao retorno de um garoto aos gramados.

Judivan disputava o Mundial sub-20 em 2015, pela seleção brasileira. Em um confronto contra um jogador do Uruguai, ele sofreu entrada violentíssima que resultou em uma lesão grave no joelho direito. A cirurgia foi necessária e a via-crúcis começou.

Foram dois anos longe do gramado entre operações, recuperações e alguns contratempos. Contra o Fluminense, Judivan voltou a ser relacionado para um jogo, mas não entrou em campo. Mas diante do Avaí ele entrou no segundo tempo. E logo em seguida a vida lhe deu um presente.

Após Robinho sofrer um pênalti, Judivan foi escolhido por todo o grupo cruzeirense para ser o autor da cobrança. Ele foi. E fez, cheio de emoção, o 2 a 1 para o Cruzeiro no Mineirão. Emoção de todos os lados. Explosão pura de alegria.

Momento bem emocionante mesmo.

No fim do jogo, o Avaí empatou o jogo nos acréscimos, em 2 a 2. Mas e daí? Judivan ficou feliz toda vida com o retorno e dedicou o gol ao filho Davi, de um ano e meio. O garoto nunca tinha visto o pai em campo. Que história...