ESPORTES

Messi ficou na frente de Cristiano, mas no prêmio de um jornal inglês

Author
Messi ficou na frente de Cristiano, mas no prêmio de um jornal inglês

(Twitter / Barcelona)

Messi foi derrotado por Cristiano Ronaldo nos dois principais prêmios individuais de 2017, o The Best, da Fifa, e o Bola de Ouro, da revista France Football. Em ambos, o argentino ficou em segundo lugar, logo atrás do português. Mas ele ainda tem vários e vários fãs por aí. E ao menos em uma premiação foi à forra.

O jornal britânico The Guardian enfim divulgou sua lista com os cem maiores jogadores de 2017. E adivinha quem apareceu lá no topo, como esteve acostumado ao longo da carreira? Ele mesmo, Messi.

Messi ficou na frente de Cristiano, mas no prêmio de um jornal inglês

(Reprodução / The Guardian)

A lista foi formada com opiniões de 169 especialistas indicados pelo jornal, distribuídos em 63 países. Neymar figurou em terceiro lugar, com o belga De Bruyne e o inglês Harry Kane fechando a lista. Injusto Messi ficar em primeiro lugar? Não mesmo. Apenas em 2017, o argentino fechou a temporada com maior artilheiro, com 54 gols. Um à frente do trio Cristiano Ronaldo, Cavani e Lewandowski.