ESPORTES

Quatro gols e vaiado: o contraditório jogo de Neymar pelo PSG

Author
Quatro gols e vaiado: o contraditório jogo de Neymar pelo PSG

(Twitter / PSG)

Neymar parecia que teria mais um dia de conto de fadas francês. Quatro gols e duas assistências diante do Dijon, vitória do PSG por 8 a 0, liderança absoluta do Campeonato Francês. Deveria sair de campo ovacionado, certo? Mas não foi assim, não. Neymar foi mesmo é vaiado.

O motivo foi, no fundo, aquele de sempre: a divisão de pênaltis com Cavani. Não, dessa vez nem teve treta para ver quem cobraria. O uruguaio ficou de longe, só assistiu e ainda cumprimentou o brasileiro. Mas a arquibancada do Parc des Princes vaiou muito Neymar e pediu o nome de Cavani, que sofrera pênalti. O motivo?

O camisa 9 tinha feito um gol no jogo e havia empatado com Ibrahimovic como maior artilheiro do clube francês, com 156 tentos. Caso fizesse mais um golzinho assumiria o posto absoluto. Mas Neymar ignorou os pedidos e cobrou sozinho o pênalti. E tome vaia da arquibancada. E olha que ele já tinha marcado esse gol antes aí.

Tem quem defenda Neymar.

Tem quem ache que ele vacilou mesmo.

Toda honra e toda glória pra ti Deus 🙏🏽

A post shared by Nj 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) on

Certo mesmo é que foi uma senhora noite contraditória para Neymar. Deveria ter sido carregado nos braços. Acabou vaiado e deixou o campo sem cumprimentar a torcida. Será que vai durar muito esse casamento na França? Sei não....