ESPORTES

Torneio de veteranos da bola leva torcedores ao delírio com dribles e pancadas

Author
Torneio de veteranos da bola leva torcedores ao delírio com dribles e pancadas

Torneios com jogadores veteranos, sem compromisso com resultados ou jogadas extremamente eficientes, sempre rendem cenas divertidas. Em Londres, na Inglaterra, acontece o Star Sixes, uma espécie de campeonato mundial de Showbol. O nome já indica que, em tese, tudo deveria ser um grande show para animar a plateia. Mas nem sempre é assim.

O Brasil está representado por craques do passado como Dida, Roberto Carlos, Rivaldo e Djalminha. Este último, aliás, não cansa de desfilar talento e habilidade quando disputa os mesmos torneios no Brasil. Em solo inglês, não foi diferente. A lambreta do ex-meia de Flamengo e Palmeiras sobre um adversário nigeriano foi de encher os olhos.

Uma beleza que quase terminou em gol.

Bateu a maior saudade. O nível do time brasileiro impressionou.

Mas nem tudo são flores. Ou paz. Ou amor. Puyol que nos diga. O ex-zagueiro do Barcelona e da seleção espanhola não brincou em serviço nem mesmo em um torneio de showbol. Não tem essa de afinar. Bola dividida é sempre uma bola dividida.

Muita gente entendeu que o zagueirão espanhol simplesmente seguiu sua lógica de vida. Não era culpa dele, oras.

No fim, Puyol pediu desculpas e o inglês Phil Neville levou tudo numa boa. Até tiraram uma foto para celebrar a paz.

As semifinais e finais do torneio serão disputadas neste domingo. Espanha e França fazem a primeira decisão sobre a vaga na final. Em seguida, Brasil e Dinamarca se enfrentam.