ESPORTES

Um dos últimos românticos do futebol deu adeus, e muita gente lamentou

Author
Um dos últimos românticos do futebol deu adeus, e muita gente lamentou

(Twitter / Juventus)

Andrea Pirlo era um dos últimos românticos no futebol moderno. A cadência com que tratava a bola, a classe que desfilava em campo e o gosto pelo esporte eram daqueles casos raros de craques que aparecem de tempos em tempos. Mas tudo tem seu fim. Aos 38 anos, Pirlo anunciou o adeus do futebol após o fim da temporada no futebol norte-americano, onde defendia o New York FC.

Pirlo começou como meia, mas, com o passar do tempo, foi se adaptando a volante. E continuou a desfilar clássico. Por isso arrumou uma legião de fãs ao redor do mundo. Inclusive de muitos jogadores. O dia foi de receber reverências. A Juventus, por exemplo, clube no qual Pirlo brilhou em grande parte da carreira, fez um vídeo especial.

Capitão da Juve e da seleção italiana, o goleiro Buffon entrou na onda.

"Aqueles que jogaram com Andrea entenderam o significado de 'único'. Exemplo de classe, elegância e humildade"

No Milan, Pirlo viveu dez temporadas no auge. E, claro, o clube não esqueceu de agradecer por tanta qualidade.

Foram números bem marcantes na carreira.

Valeu por tudo, Pirlo!