GAMES

Como o jogo BR Lila's Tale é uma entrada para crianças na realidade virtual

Author

Game desenvolvido por estúdio de São Paulo mistura títulos clássicos de plataforma 3D com a interatividade do VR, com gráficos bonitos que podem atrair as crianças.

Como o jogo BR Lila's Tale é uma entrada para crianças na realidade virtual

(Fotos: Divulgação/Skullfish Studios/Arquivo Pessoal)

No Amazonas, o casal Rafael Ferrari e Gabriela Thobias teve contato com o desenvolvimento de games em realidade virtual (VR) pela primeira vez no Black River Studios. Um ano depois, no final de 2016, os dois retornaram para São Paulo. O apelido de Rafael, "Piranha", serviu de base para a criação do estúdio deles, chamado Skullfish.

Como o jogo BR Lila's Tale é uma entrada para crianças na realidade virtual

Focados no VR, eles receberam US$ 25 mil da aceleradora GameFounders para criar seu game na Malásia, na Ásia. Os dois passaram o começo de 2017 acumulando experiências internacionais. Anteriormente, a aceleradora global europeia investiu em diferentes empresas brasileiras: no Bitcake Studio em 2014, na Cupcake em 2015, além do IMGNation Studios e da Mopix em 2016.

Em primeira mão ao site Drops de Jogos, o Skullfish Studios anunciou no dia 27 de fevereiro que o jogo Lila's Tale estava sendo criado. O game surgiu depois de experimentos em VR do casal em eventos como a FITIC, no final do ano passado.

Como o jogo BR Lila's Tale é uma entrada para crianças na realidade virtual

A história de Lila em realidade virtual tem inspiração em The Legend of Zelda e tem protagonista feminina. O jogo traz quebra-cabeças para o gamer solucionar com seu olhar dentro do aparelho de VR, ligando os pontos. Inicialmente ele funcionava apenas em Gear VR, equipamento da Samsung para celulares Galaxy.

O Gear não é um equipamento top de linha na realidade virtual, mas performa melhor do que o cardboard simples do Google e fica devendo para aparelhos de alta capacidade, como Oculus Rift e HTC Vive.

No dia 9 de setembro de 2017, o Skullfish Studios lançou Lila's Tale Stealth de graça para todos os smartphones. Acompanhando o lançamento do iPhone X, o game brasileiro aposta em realidade virtual com realidade aumentada.

O novo game lembra bastante Pokémon GO, com a heroína Lila percorrendo ambientes reais com a câmera do usuário. Diferente do jogo principal, ele roda fora do Gear VR.

Pegada acessível para crianças

Desde o anúncio e a presença dos games em eventos da ABRAGAMES, associação nacional de desenvolvedores, e no festival Hyper, o game feito por Rafael e Gabriela gerou uma onda de ilustrações em homenagem à heroína Lila.

No entanto, além da comunidade formada, o jogo de São Paulo também tem um forte apelo infantil. Com uma protagonista carismática e puzzles acessíveis, o game é uma boa introdução em realidade virtual para crianças.

Tem dúvida? Confira os trailers abaixo e tire suas conclusões.