GAMES

O que sabemos de Death Stranding, o novo projeto de Hideo Kojima

Author

Revelado em alguns trailers a partir de 2016, o projeto pode ser a investida mais ousada do homem que criou as franquias Metal Gear, Policenauts, Zone of Enders e outras.

O que sabemos de Death Stranding, o novo projeto de Hideo Kojima

(Fotos: Divulgação/Kojima Productions)

Uma criança num mar com manchas de petróleo? Militares semelhantes a nazistas com feições cadavéricas? Um jogo dentro de um jogo? Qual será a nova mensagem de Hideo Kojima neste título?

Anunciado na E3 2016 depois de sua saída da Konami, após mais de 20 anos de trabalho, Death Stranding é o novo game de Hideo Kojima. O título parece se voltar para um gosto passado do desenvolvedor das séries Metal Gear, Policenauts e Zone of Enders: misturar games e cinema.

O que sabemos de Death Stranding, o novo projeto de Hideo Kojima

E isso se manifesta claramente na seleção de atores para o jogo. Para quem não sabe, Hideo Kojima foi o primeiro desenvolvem responsável, em 1998, por colocar atores profissionais para dublar personagens num game. Metal Gear Solid vendeu, graças a essa iniciativa, mais de sete milhões de cópias.

Em Death Stranding, Kojimão parece elevar o profissionalismo das atuações a outro patamar. Escalou Norman Reedus (o ator que faz Daryl Dixon no seriado Walking Dead), Guillermo Del Toro (diretor de Labirinto do Fauno, Blade II e Hellboy) e Mads Mikkelsen (o ator que fez o seriado Hannibal) para o título. São artistas top de linha.

O que estaria Kojima aprontando desta vez?

Paixão pelo cinema

O que sabemos de Death Stranding, o novo projeto de Hideo Kojima

Em seu painel na E3 2017, Hideo Kojima discutiu suas origens nos games com Jordan Vogt-Roberts, diretor Kong: A Ilha da Caveira. Numa comparação com a preparação de um sushi, o desenvolvedor da série Metal Gear diz que jogos eletrônicos são únicos em sua criação.

Mesmo assim, confessou que, se não fosse dev, provavelmente teria enveredado para o cinema, uma de suas paixões. Isso se explica nos aspectos técnicos de Death Stranding.

E quais são as teorias que envolvem o jogo?

Todo game de Kojima possui teorias que rodam a internet até o lançamento do game. Confira algumas:

  • No Reddit, um usuário afirma que, de acordo com os trailers da E3 e da TGA (The Game Awards), os personagens de Norman Reedus e Mads Mikkelsen tem um relacionamento e se conhecem. Norman, por aparecer nu num dos vídeos e sem umbigo, seria um cientista que descobriu como viajar no tempo;
  • A Eurogamer lançou como melhor teoria que linka com a demo de terror PT (Playable Teaser), lançada por Kojima em 2014 com Norman Reedus. Death Stranding, numa oposição ao conceito de Live Stranding, seria uma brincadeira com a morte;
  • Há outra teoria na rede social NeoGAF de que o gameplay de DS será dependente da ajuda de players, sendo necessariamente cooperativo. Algumas pessoas especulam que ele terá o estilo furtivo da série Metal Gear misturado com horror;
  • O próprio Kojima diz que o jogo será muito grande, disse à IGN. O criador do jogo afasta a ideia de que ele terá horror, embora os materiais de divulgação apostem num atmosfera obscura. Haverá, como em todos os seus games, uma dose de humor e referências. Hideo Kojima soa como o Quentin Tarantino dos jogos, muitas vezes;
  • Ainda no Reddit, há usuários que afirmam que o gameplay de Death Stranding não será regular. Vai misturar espionagem, ficção científica e gêneros que geralmente não dialogam. As falas de Hideo Kojima em público dão força para esta teoria.

O que podemos concluir?

O que sabemos de Death Stranding, o novo projeto de Hideo Kojima

Death Stranding não tem data de lançamento e considerando Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, o jogo promete ser grande. Hideo Kojima estará pela primeira vez no Brasil em outubro, durante a Brasil Game Show para uma premiação.

Talvez seja o caso da gente perguntar em pessoa ao mestre sobre seu game.