GAMES

Quem é Tommy Tallarico, criador da Video Games Live, show de jogos com orquestra

Author

Conheça um dos ícones mais conhecidos da música de jogos eletrônicos ao vivo do mundo

Quem é Tommy Tallarico, criador da Video Games Live, show de jogos com orquestra

(Foto: Pedro Zambarda/Drops de Jogos)

O cenário de música de videogames desenvolveu-se como uma verdadeira arte. Das composições criadas a partir de poucos circuitos, hoje em dia já existem músicos premiados que dedicam meses de trabalho na criação de temas para jogos eletrônicos. E isso já permite espaço para shows com produções dignas de rock.

Quem é Tommy Tallarico, criador da Video Games Live, show de jogos com orquestra

(Foto: Wikimedia Commons)

Tommy Tallarico tem 49 anos e se tornou um nome de referência na música de jogos. Nascido em Springfield, Massachusetts, ele é primo do frontman do Aerosmith, Steven Tyler. Com rock'n'roll no sangue, mergulhou de cabeça nos videogames.

Ele criou o espetáculo Video Games Live (VGL), que passa em turnês há 12 anos no Brasil e no restante do mundo. Com shows durante os eventos da BlizzCon nos Estados Unidos, a apresentação é uma boa oportunidade para ouvir as trilhas de games de sucesso e conhecer de perto os compositores da indústria.

Mas como Tommy começou?

Quem é Tommy Tallarico, criador da Video Games Live, show de jogos com orquestra

(Foto: Pedro Zambarda/Drops de Jogos)

300 games, programas de TV e superação de preconceitos

Tommy começou na cena internacional de games em 1991. Ele decidiu fazer carreira com jogos depois de conhecer clássicos como Asteroids, Space Invaders e fliperamas, que lhe foram apresentados por seu pai. Graças a essas influências, o logotipo da VGL é um alien muito parecido com o de Space Invaders.

Inspirado em John Williams, o compositor de Star Wars, Tommy Tallarico estudou música clássica e orquestra. Entrou como músico na Virgin e fez a trilha de Prince of Persia para Game Boy. A partir daí, foram mais de trezentos games com contribuições dele.

Trabalhou em títulos como Earthworm Jim, Color a Dinosaur, Demolition Racer, Treasures of the Deep, Messiah, MDK, Flip's Twisted World, Wild 9, Unreal, Cool Spot, Spot Goes to Hollywood, Spider-Man, RoboCop Versus The Terminator, Maximo, Pac-Man World, Another World (versão para Mega Drive), Tony Hawk's Pro Skater, e Advent Rising. A partir de 94, entrou na televisão e comandou os programas Electric Playground e Reviews on the Run entre 1997 e 2006.

A popularidade o levou a criar a Video Games Live em 2002. Segundo as palavras do próprio músico, a ideia por trás da VGL é justamente popularizar as composições sonoras de jogos.

Livro dos recordes e reconhecimento da VGL

Desde o começo, o show chegou no Brasil e passou a entrar em eventos consagrados como a BlizzCon, da Blizzard. A empresa criadora de Warcraft ajudou a atrair nomes como Nintendo, Konami e outras para cederem direitos autorais para a Video Games Live.

Ao completar 357 concertos em 2016, a VGL entrou no Livro dos Recordes mundial pelo maior número de shows com orquestra envolvendo jogos eletrônicos. No mesmo ano, Tommy Talarico passou a promover e produzir o evento Capcom Live com o músico Shota Nakama, que trabalhou também em Final Fantasy XV.

Top Gear e paixão pelo Brasil

Na edição da VGL 2017, Tommy trouxe pela primeira vez a música do game Top Gear, de 1992, para São Paulo. No ano anterior, uma versão da música chegou com a participação de Barry Leitch, o criador da trilha original, que se apresentou em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro. Barry e Tommy estavam promovendo o game brasileiro Horizon Chase, que teve participação do músico de Top Gear na produção.

Desenvolvido pela Kemco, Top Gear fez mais sucesso nos anos 90 em terras brasileiras do que nos Estados Unidos. Segundo Tommy Talarico, isso reflete a paixão do Brasil por música de games.

O compositor americano deu uma entrevista ao Drops de Jogos falando sobre a VGL e sua relação com brasileiros.