OUTROS

Japão criará neste ano conselho para regular trânsito de carros voadores

Author
Protótipo de carro voador: Japão prevê acender a pira olímpica com um desses nos Jogos Olímpicos de 2020.
Protótipo de carro voador: Japão prevê acender a pira olímpica com um desses nos Jogos Olímpicos de 2020.

Nos anos 60, a agência de animação Hanna-Barbera criou os Jetsons, um desenho animado que espelhava as expectativas que a sociedade tinha do futuro, com base nas maravilhosas engenhocas que os institutos de tecnologia e as forças armadas dos Estados Unidos e União Soviética estavam criando na Guerra Fria. Na ficção, as funções domésticas haviam sido substituídas por máquinas, o transporte foi reinventado para diminuir o tempo de deslocamento e tudo o que se referia tecnologia foi colocado em lugar de destaque (só as relações humanas que pareceram paradas no tempo). Hoje podemos dizer que os estúdios Hanna-Barbera viram o futuro e um sinal disso é que, neste 2018, o Japão está criando um conselho especial para a regulamentação de regras de trânsito para os céus nipônicos. E isso não tem nada a ver com helicópteros, mas com carros voadores!

O conselho será convocado antes do final do ano e projetará regulamentos e normas para uma nova geração de veículos, e foi definido como alvo dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 como uma vitrine para a tecnologia e para ter carros voadores em operação, em 2023.

Sim! O ano esperado para operação de carros voadores no Japão é 2023! Daqui a meros cinco anos, quando o Brasil, muito provavelmente, estará ainda discutindo regime trabalhista para funções criadas no século 19. A informação foi dada pela Kyoto News.

De acordo com porta-vozes do governo japonês, o Executivo prevê que os carros voadores sejam inicialmente usados ​​em áreas montanhosas do Japão e que as pessoas possam viajar para ilhas remotas ao largo da costa, enquanto os carros também deverão desempenhar um papel importante nos esforços de resgate e recuperação em caso de um desastre natural. Espera-se também que eles ajudem a reduzir o congestionamento nas estradas do Japão.

Fantasia? Delírio? Não! Várias empresas start-ups já estão trabalhando com a tecnologia de um carro voador, com protótipos elétricos antigos parecendo grandes drones e capazes de decolagens e aterrissagens verticais.

Enquanto o hardware pode estar avançando, pouco foi feito para elaborar padrões de segurança e regulamentos operacionais, o que esperam solucionar até 2020. O conselho incluirá representantes dos ministérios da economia, transporte, infraestrutura e turismo do Japão.

Ryutaro Mori, diretor de negócios do projeto de carro voador Cartivator, com sede em Nagoya, saudou o desenvolvimento.

“O mundo está cada vez mais urbanizado e o tráfego da cidade está ficando cada vez pior, com estradas muito caras para construir e manter”, disse ele. “Além disso, a falta de infra-estrutura rodoviária tornou-se um gargalo para o desenvolvimento econômico das nações em desenvolvimento. Os carros voadores serão uma solução viável para essas questões econômicas e de transporte, levando as pessoas do ponto A ao ponto B mais rápido”, acrescentou.

A ideia é que um desses protótipos acendam a pira olímpica dos Jogos Olímpicos de Tokyo 2020.

A conferir!