31 anos do disco 'mais esperado que a cura da AIDS'

31 anos do disco 'mais esperado que a cura da AIDS'

*Publicado originalmente em bcharts.net, revisado posteriormente

24mais esperado que a cura da AIDS25

Superar Thriller não seria tarefa fácil. Michael Jackson havia passado os últimos anos quebrando todo e qualquer recorde possível dentro da indústria musical. Havia se tornado o primeiro artista a colocar sete canções de um mesmo álbum no top da Billboard Hot 100. Havia ganho 8 prêmios Grammy em uma única noite. E havia, é claro, se tornado o dono do álbum mais vendido de todos os tempos.

39humanamente perfeito possível40

Talvez por isso, a campanha de promoção do disco seja, de longe, uma das mais exaustivas da história da música. Com o lançamento, a CBS, uma das maiores emissoras de televisão dos Estados Unidos exibiu um especial sobre o álbum que incluía o primeiro videoclipe feito para a era, da canção título, na época o mais caro já produzido. Era impossível fugir do esquema de promoção preparado para o álbum. Para promover Bad, Michael também lançou um filme, uma autobiografia, um jogo de videogame e saiu em turnê mundialmente.

Bad vendeu cerca de 35 milhões de cópias mundialmente, 20 milhões de maneira quase que instantânea, permanecendo como um dos 10 álbuns mais vendidos da história até hoje. 5 de seus singles chegaram ao #1 da Billboard Hot 100, um recorde igualado somente por Katy Perry, 24 anos depois. O disco venceu 2 prêmios Grammy.

A imprensa achou pouco, afinal era pouco mais da metade das vendas de Thriller. 1/3 das 100 milhões que se esperava. 2 Grammys não eram nada comparado aos 8 de anos atrás. A aparência de Michael Jackson estava cada vez mais branca e diferente daquela do início dos anos 1980. 

Os veículos midiáticos resolveram transformar Bad em uma decepção e Michael no alvo que os tabloides iriam perseguir pelas próximas décadas.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

500x500
500x500