A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

ABolaPune
há um ano3 visualizações

O Palmeiras já entrou com recurso e espera que a decisão da Justiça de São Paulo de punir Alecsandro por dois anos de suspensão por doping será revista.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O atacante foi flagrado num jogo do Paulistão pelo uso de substância proibida e foi punido severamente.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

O jogador está preocupado, mas pessoas no clube acreditam que a decisão será revista e ele volte os jogos vem antes do que imagina.

A Justiça Desportiva no Brasil costuma reverter suas decisões e diminuir drasticamente suas penas. Mas não afrouxa para todos. Veja alguns casos de penas duras revistas, ou não, no País.

Dodô

Também flagrado no doping, atacante pegou 120 dias de suspensão em 2007 por uso de remédio para emagrecer. A pena foi reduzida pelo STJD para 25 dias, mas a FIFA entrou no caso é o jogador acabou tendo de cumprir dois anos de punição.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Jobson

Atacante do Botafogo pegou dois anos de suspensão por doping em 2009 (uso de cocaína e crack), pena reduzida para seis meses e voltou a jogar em 2010. Mas não se endireitou e, ao recusar fazer exame em 2014 levou quatro anos de gancho.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Dinei

Atacante, então no Coritiba, admitiu ser usuário de cocaína e acabou suspenso por 240 dias.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Petros

Corintiano pegou 180 dias de punição por trocar no árbitro Raphael Klaus de propósito. O clube conseguiu reverter a pena para três dias.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Dudu

Atacante do Palmeiras também agrediu um árbitro, Guilherme Ceretta de Lima, e punido com 180 dias. Depois a pena se transformou em somente seis jogos.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Bolívar

Jogador de Inter deu entrada duríssima no lateral Dodô, então no Bahia, e pegou quatro jogos de punição mais o tempo de recuperação do oponente. Cumpriu só dois jogos e, enquanto Bobô ficou seis meses afastado, ele atuou normalmente.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Carlos Alberto

Volante do Figueirense foi suspenso no STJD por ter adulterado a idade de 28 para 23 anos. Como 'gato' pegou pena de um ano, reduzida mais tarde para seis meses.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Nilton e Wellington

Jogadores do Internacional foram flagrados no doping e suspensos por cinco meses. Eles cumpriram a pena inteira.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Obina

Atacante foi suspenso em 2007 por 120 dias após cotovelada no zagueiro Índio, do Inter. Após cumprir 29 dias, a punição foi transformada em cinco jogos e ele voltou a jogar.

Alecsandro é suspenso por 2 anos, mas tribunal costuma aliviar penas: veja casos

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

ABolaPune
há um ano7 visualizações

Ídolo dos vascaínos, Dedé só trocou o clube pelo Cruzeiro para ajudar na saúde financeira dos cariocas em 2013. Zagueiro de grande futuro, contudo, ele vive em Belo Horizonte o drama das lesões e quase não jogou nas últimas temporadas.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Foram 14 meses afastado até março de 2016, quando retornou. Dois meses depois, sofreu nova lesão no joelho e novo período longe dos campos. Nesta segunda-feira, em coletiva na Toca da Raposa, Dedé revelou que vai passar por nova cirurgia e só volta em 2017.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

O defensor será operado nos Estados Unidos. Ele sofreu uma recidiva na patela do joelho direito operado e precisará de novo processo cirúrgico.

A expectativa, agora, é que enfim fique pronto já no início da temporada que que. Como o zagueiro, outra jogadores passam por dramas semelhantes e também já miram o próximo ano.

Fernando Prass

Cortado da seleção olímpica, o goleiro do Palmeiras vai passar por cirurgia no cotovelo direito fraturado (que já havia operado em 2014) e fica longe dos campos por quatro meses.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Lucas Fernandes

O jovem armador era a grande aposta do São Paulo para a articulação das jogadas. A revelação da base, entretanto, o jovem rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em junho, operou, e só retorna em 2017.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Breno

Outro são-paulino que teve de entrar na faca foi o zagueiro Breno. Ele era aposta para formar a defesa com Lugano no início da temporada, mas operou o ligamento cruzado do joelho direito e só estará em condições em 2017.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Jefferson

Goleiro do Botafogo passou por cirurgia em maio após ruptura parcial do tendão do tríceps do braço esquerdo e não tem previsão de retorno aos gramados.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Cazares

Meia equatoriano estava se destacando no Atlético-MG, mas sofreu grave lesão muscular (ruptura no tendão adutor da coxa direita) e só deve retornar no fim do ano.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Wellington

Volante ainda cumpria suspensão por doping quando se machucou num treino do São Paulo. Passou por cirurgia no joelho direito e ainda acredita que volta para as rodas finais do Brasileirão, mas dificilmente será utilizado.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Cleberson

O zagueiro do Atlético-PR fraturou a face na quinta rodada do Brasileiro e, no hospital, descobriu ainda que estava com problema no joelho e acabou operando. Volta só no início do próximo ano.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA

Almir

Destaque e artilheiro do Bangu no Carioca, Almir negociava retorno ao Botafogo para disputar a Série A quando sofreu grave ruptura do tendão patelar do joelho direito, operou, e só retorna em oito meses.

Dedé vai operar joelho de novo e só voltará em 2017. Outros vivem o mesmo DRAMA
Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
ABolaPune
Equipe Storia Brasil