A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Atacante deixa a prisão no Tocantins e festeja cantando música do desenho Frozen

ABolaPune
há 2 meses6.6k visualizações

Jobson é um daqueles talentos perdidos no milionário mundo da bola. Se envolveu com drogas, bebidas, direção perigosa, levou suspensões por doping e agora estava preso em Tocantins sob acusação de estupro de vulnerável. Um ser humano desprezível. Após 70 dias na cadeia ele ganhou liberdade e fez questão de gravar um vídeo para comemorar (a impunidade?): cantando a música tema de Frozen, Let it Go (Livre estou), sucesso da Disney.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Atacante deixa a prisão no Tocantins e festeja cantando música do desenho Frozen

Ao lado de um amigo, o ex-atacante do Botafogo aparece sem camisa todo feliz com a liberdade. E anuncia para Pantera e a quem quiser saber: "livre estou, livre estou, não posso mais segurar... Livre estou... É nóis muleque, tamo junto", gravou, se divertindo sob a canção do desenho animado. Estaria zombando da Justiça?

A acusação contra Jobson era coisa séria e ele devia passar muito tempo na cadeia. Mas, acredite, cumpria pena domiciliar e só acabou atrás das grades por descumprir regra de não deixar a cidade (vive em Couto Magalhães, no Tocantins), enquanto rolava o processo.

Saiu da cadeia esta semana depois da expiração da prisão cautelar. O jogador pagou fiança de 10 salários mínimos e 'virou criança' para festejar a liberdade. Ele solto é uma vergonha para a sociedade.

Clubes criaram Primeira Liga para peitar CBF, mas não prestigiam a competição

ABolaPune
há 2 meses12.2k visualizações

No começo de 2016, clubes se uniram para criar a Liga Rio-Sul-Minas e disputar uma competição organizada por eles. Surgia a Primeira Liga, maneira de peitar a CBF e também uma fonte de renda nova. Em sua segunda edição, a competição é um fracasso por causa do próprio descaso das equipes.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Clubes criaram Primeira Liga para peitar CBF, mas não prestigiam a competição

Nesta semana, após quatro meses de pausa depois do fim da primeira fase, acontecem os duelos das quartas de final e os competidores mostram que "não estão nem aí" para os duelos.

Eliminado pelo Cruzeiro na Copa do Brasil, o Grêmio volta a encarar os mineiros fora de casa. Vingança? Renato Gaúcho já anunciou time reserva e nem mesmo ele estará no comando do time. Também sem empolgação, Mano Menezes estuda equipe alternativa no duelo.

Assim será com outros grandes, como Atlético-MG, Fluminense, Flamengo... O Rubro-Negro prova que a cabeça está em outro lugar ao viajar para Curitiba com jovens do sub-20 e o pouco aproveitado Conca. O Paraná agradece.

Campeão da primeira edição, o Fluminense lamenta ter de jogar nessa semana. Abel Braga queria fazer uma intertemporada de treinos nessa parada do Brasileirão para os jogos da seleção brasileira. Vai jogar a contragosto.

Paraná, Londrina e Internacional prometem seriedade. Mas também não conseguem convencer. Até o público na competição deixa bastante a decepcionar. Os estádios costumam estar às moscas. A chance é grande de a Primeira Liga terminar já esse ano e sem deixar saudades.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
ABolaPune
Equipe Storia Brasil