A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Corintianos se irritam com apresentadora que comparou Jô a ladrão

ABolaPune
há um mês70.8k visualizações

A apresentadora Renata Fan virou alvo da ira dos corintianos após fazer uma analogia comparando o gol de mão de Jô diante do Vasco ao roubo de um anel em sua casa. Para a apresentadora do Jogo Aberto, da Band, as duas ações têm a mesma medida e ela acabou virando persona non grata nas redes sociais por isso.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Corintianos se irritam com apresentadora que comparou Jô a ladrão

Em papo com o comentarista Denílson, Renata Fan fez a seguinte comparação: "Eu pergunto assim para você, Denílson, chego em você e pergunto: 'Você roubou o meu anel?'. E você vai falar: 'Renata, claro que não'. Aí, uma câmera na minha casa mostra que você roubou e eu falo: 'Não, Denílson, uma câmera na minha casa mostra você pegando o meu anel'. E você fala: 'Aí, foi mesmo, roubei'. Então, o que a gente está falando é iniciativa, ele devia falar a verdade sempre, não porque os outros estão pressionando." Foi o estopim para a revolta corintiana.


A fala de Renata gerou uma enxurrada de protestos nas redes sociais e muitos corintianos cobraram um processo do atacante à apresentadora gaúcha que em 2017 já atirou a camisa corintiana no chão.

O fato de o programa sempre querer fazer graça nos assuntos polêmicos desta vez passou dos limites e muitos cobraram respeito ao atacante, pai de família e que assumiu que a bola bateu em seu braço, mas que jamais teve a intenção de trapacear.

Há quem exagere e pregue reação violenta como invasão à emissora ou agressão à Renata Fan. Condenam o erro pregando um maior ainda. Acho que um pedido de desculpas - ele não veio e o assunto foi ignorado em novo programa - já seria o suficiente. Ou não?

Alexandre Pato come pé de galinha antes do Majestoso e são-paulinos vibram

ABolaPune
há um mês26.6k visualizações

O atacante Alexandre Pato não esquece a passagem malsucedida no Corinthians e parece fazer questão de sempre mandar indiretas ou cutucadas ao ex-clube. Na semana do clássico Majestoso, ele resolveu alegrar a torcida são-paulina ao publicar uma foto comendo um pé de galinha.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Alexandre Pato come pé de galinha antes do Majestoso e são-paulinos vibram

Pé de galinha!! 😋🇨🇳 #China #spicy

A post shared by Alexandre Pato (@pato) on


O jogador nem precisou citar o clássico na legenda na foto. O "Pé de galinha" foi suficiente para a polêmica. Os são-paulinos tratam o Corinthians como "galinha" e como ele passou um tempo emprestado ao clube do Morumbi, a provocação ficou mais evidente, para delírio dos torcedores tricolores que vibraram muito.

Não é raridade ex-jogadores das duas equipes usarem as redes sociais para fazerem provocações. Vampeta, dia desses, revelou "promessa" para o São Paulo ser rebaixado.

Agora Pato deixou o clima para o clássico de domingo mais quente. A torcida adorou sua postagem e já fala em massacre, surra e coisas do tipo. Sem contar que muitos pediram o retorno do atacante ao Morumbi. Será que ele volta? A declaração de amor já foi dada nas entrelinhas.


Assustado com o tamanho da repercussão, com muitos corintianos xingando-o, Pato tentou evitar a polêmica ao dizer que o pé de galinha era um "presente" ganho na China, mas sem poder de convencimento.

"Queria esclarecer que a foto que eu postei no Instagram não tem nada a ver com ninguém e nenhuma provocação! E sim um presente que eu ganhei de alguns fãs aqui da China. Porque o pé de galinha é uma comida típica daqui. Não inventem o que não é. Tenho muito carinho pelo São Paulo e pelo Corinthians!" Tarde demais.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
ABolaPune
Equipe Storia Brasil