A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

ABolaPune
3 ay önce1.5k görüntüleme

Falta menos de um ano para a Copa do Mundo da Rússia e muita gente ainda sonha em figurar na lista do técnico Tite. Como o treinador valoriza demais o bom momento dos jogadores, muitos estão mudando de ares na Europa para mostrar serviço ao "professor". E também para saírem da reserva e terem mais visibilidade.

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

São poucas as vagas ainda abertas na seleção, é bem verdade, mas muita gente ainda acredita que pode cavar seu lugarzinho. Tem aqueles que fazem parte do grupo e querem apenas se consolidar, como Daniel Alves, por exemplo.

Mas quem será o reserva na direita? A briga promete ser boa. E os três goleiros? Outra posição indefinida. Tite pode surpreender no ataque, apenas com Neymar e Gabriel Jesus garantidos. Confira quem mudou de casa na Europa para se mostrar a Tite:

Daniel Alves

Lateral deixou a vice-campeã europeia para defender o Paris Saint-Germain por uma sedutora proposta dos franceses. Pet Guardiola contava com o jogador no Manchester City e ficou irritado com a recusa. Ele acredita que na França seu futebol brilhará mais e ele chegará 'voando' na Copa.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Douglas Costa

Meia-atacante não vinha tendo muito espaço no estrelado Bayern de Munique e optou pela proposta da Juventus para poder mostrar que Tite pode contar com seu futebol. E olha que Neymar quase o levou ao Barcelona.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Ederson

Goleiro fez enorme sucesso no Benfica e agora vai ser a muralha do Manchester City. Jogar na Inglaterra, diante de rivais mais poderosos, foi uma escolha do camisa 1 para ficar ainda mais em evidência e poder disputar a Copa do Mundo da Rússia.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Fabinho

Foi muito bem como lateral e segundo volante do Monaco (o que o levou às convocações) e agora tentará manter o nível no Atlético de Madrid, que desembolsou R$ 167 milhões por sua contratação, para ter nova chance de defender o país.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Danilo

Lateral-direito não teve muita chance no Real Madrid e agora vai buscar redenção no Manchester City, em vaga que quase foi de Daniel Alves. Por pouco o Chelsea, a pedido do técnico Antonio Conte, não foi o destino. Meta de lateral é creu petardo tempo perdido ao ficar na reserva do Real.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Neto

Goleiro cansou da reserva da Juventus e resolveu mudar de ares para voltar a jogar. Depois de brilhar na Fiorentina o brasileiro só aplaudiu Buffon em Turim e agora espera recuperar o tempo perdido (sonha com a seleção) no Valencia, que investiu R$ 26 milhões na contratação e estipulou uma multa rescisória de R$ 300 milhões.

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Mariano

Foram duas temporadas no Sevilla e agora o lateral direito vai jogar no turco Galatasaray. Tudo para voltar a ser lembrado na seleção. Dá tempo?

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Lucas Leiva

Após 10 temporadas defendendo as cores do Liverpool, volante de 30 anos tentará repetir o sucesso na Itália. Ele está acertando sua transferência para a Lazio. Teria espaço no time de Tite?

De olho na seleção e por mais visibilidade, brasileiros mudam de ares na Europa

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

ABolaPune
3 ay önce2.8k görüntüleme

A dança dos técnicos anda a mil nos times da Série A do Brasileirão e numa única rodada Roger Machado e Pachequinho perderam o emprego. Aumenta assim a lista de dispensados nos times da elite, que já alcança a impressionante marca de 16 trocas de comando (duas em Atlético-PR, Coritiba e Vitória) no ano. E pode aumentar em breve com mais treinadores na corda bamba.

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

O ponto final na terceira passagem de Pachequinho no comando do Coritiba veio após goleada por 4 a 0 para a Ponte Preta. Ele já vinha balançando faz tempo. O campeão paranaense (substituiu Paulo César Carpegiani em fevereiro) caiu muito de produção nas últimas dez rodadas, nas quais ganhou somente uma vez, e a manutenção no cargo ficou insustentável após surra em Campinas.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Roger Machado não resistiu à quarta derrota do Atlético-MG em casa, agora por 2 a 0 diante do Bahia, teve seu trabalho 'reavaliado' pela diretoria e acabou ouvindo que não servia mais.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Após a rodada 15 do Brasileirão, outro técnico ficou com a corda no pescoço. Zé Ricardo foi chamado de burro em coro pelos flamenguistas, que pediram sua cabeça após 2 a 2 com o Palmeiras.

Dos 20 times que estão disputando a elite, apenas Corinthians, Grêmio, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Avaí e Cruzeiro não mudaram de comando na temporada. Vejam as demais trocas:

Atlético-PR

Paulo Autuori viu que a equipe não ia andar sob seu comando e preferiu virar dirigente, dando seu lugar a Eduardo Baptista, que também já caiu.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano
Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Atlético-GO

Sensação na Série B, decepção na elite. Marcelo Cabo não conseguiu manter a força do Atlético entre as potências e saiu para a chegada de Doriva.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Bahia

Guto Ferreira é um dos poucos que saiu por conta própria. Ele pediu demissão para treinar o Internacional e Jorginho assumiu.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Chapecoense

Vágner Mancini assumiu a missão de reconstruir a equipe após a tragédia de novembro que vitimou praticamente todo o time. Conquistou o Estadual e após alguns tropeços na Série A foi dispensado. Vinicius Eutrópio chegou e ainda busca desencantar.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Coritiba

Além de Pachequinho, demitido agora, o Coritiba já havia dispensado Paulo César Carpegiani após um início de ano bem ruim.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Palmeiras

O atual campeão brasileiro apostou em Eduardo Baptista para iniciar a temporada. Os tropeços seguidos e a falta de time definido abreviaram sua passagem no Verdão, que repatriou Cuca.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Ponte Preta

Aposta, Felipe Moreira iniciou o ano, mas caiu ainda na fase de classificação do Paulista. Gilson Kleina assumiu e está se segurando no cargo.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

São Paulo

Ídolo dos são-paulinos era aposta para um ano brilhante, mas a falta de resultados e o futebol ruim do time abreviaram sua estreia na carreira de treinador. Ele deu lugar a Dorival Jr.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Santos

Dorival Jr. começou o ano no Santos, mas estava com a imagem tão desgastada com a torcida e sem mostrar reação no elenco que acabou demitido. Elano dirigiu o Peixe em duas rodadas até a chegada de Levir Culpi.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Sport

Ney Franco levou o time à final estadual, mas caiu antes de festejar o título. Vanderlei Luxemburgo assumiu e a equipe, além de erguer a taça pernambucana, ainda renasceu no Brasileirão.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Vasco

Cristóvão Borges tinha a missão de resgatar o orgulho ferido dos vascaínos após nova passagem na Série B. Fracassou ainda no Estadual e foi trocado por Milton Mendes.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano

Vitória

Outra equipe que está no terceiro comando. Os baianos iniciaram o ano com Argel Fucks, foram dirigidos por Petkovic e agora estão nas mãos de Alexandre Gallo.

Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano
Pachequinho e Roger caem e só 7 times da Série A não mudaram técnico no ano
Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
ABolaPune
Equipe Storia Brasil