A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

ABolaPune
há 4 meses4.0k visualizações

A cada dia vemos um clube europeu disposto a pagar enorme fortuna por um jogador. Muitos jovens andam em alta no mundo da bola e a briga é intensa para contratá-lo. Mas há o inverso e muitos craques perdem prestígio e estão desvalorizados. E três brasileiros figuram entre os 20 que mais perderam valor de mercado.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Segundo o conceituado site alemão Transfermarkt, acostumado a fazer avaliações de cifras no mundo da bola, alguns jogadores sofreram com o desempenho ruim em seus clubes e ficaram sem 'mercado'.

Óbvio que todos da lista ainda despertam interesse em muitas equipes espalhadas pelo planeta, pois sabem jogar bola.

Porém, dificilmente seus atuais clubes reembolsariam o valor investido por causa do rendimento abaixo do esperado ou mesmo pela idade avançada. Tem até jogador que está ou esteve na seleção brasileira. Confira:

20° - Enzo Pérez (Valencia)

O atacante não brilhou no clube e viu seu valor despencar de R$ 74 milhões para R$ 29,6 milhões, queda de R$ 44,4 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

19° - Yaya Touré (Manchester City)

Ficar encostado na Inglaterra o fez desvalorizar R$ 44,4 milhões. Valia R$ 81,4 milhões e agora caiu para R$ 37 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

18° - Eliaquim Mangala (Valencia)

São R$ 48,1 milhões de desvalorização, uma queda de R$ 103,6 milhões para R$ 55,5 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

17° - Oscar (Shanghai SIPG)

O primeiro brasileiro da lista. A troca do Chelsea pela Ásia fez o meia cair seu valor de mercado em R$ 48,1 milhões. Valia R$ 140,6 milhões e agora despencou para R$ 92,5 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

16° - Yevhen Konoplyanka (Schalke 04)

A campanha ruim do clube alemão fez seu destaque desvalorizar R$ 48,1 milhões. Caiu de R$ 92,5 milhões para R$ 44,4 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

15° - Axel Witsel (Tianjin Quanjian)

A geração belga parece toda desvalorizada no mercado. Um dos principais jogadores do país, o meia agora vale R$ 55,5 milhões. Valia R$ 103,6 milhões e desvalorizou R$ 48,1 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

14° - Fábio Coentrão (Real Madrid)

O português quase não jogou, por contusão. Ele valia R$ 66,6 milhões e caiu para R$ 18,5 milhões, queda de R$ 48,1 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

13° - Thiago Silva (PSG)

O zagueiro ganhou chance de Tite na seleção brasileira, mas anda em baixa na França. Já valeu R$ 92,5 milhões e hoje está avaliando em R$ 44,4 milhões, queda de R$ 48,1 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

12° - Tévez (Shanghai Shenhua)

O astro argentino trocou o Boca Juniors pela China e seu valor de mercado caiu
R$ 48,1 milhões, de R$ 74 milhões para R$ 25,9 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

11° - Schweinsteiger (Chicago Fire)

O alemão campeão do mundo resolveu se aventurar nos EUA e agora vale apenas R$ 16,6 milhões, diante dos R$ 66,5 milhões que valia, queda de R$ 49,9

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

10° - Hulk (Shanghai SIPG)

O brasileiro trocou o Zenit pela China e desvalorizou R$ 55,5 milhões, de R$ 136,9 milhões para R$ 81,4 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

9° - Thomas Müller (Bayern de Munique)

O Bayern ganhou novamente o Alemão, mas o jogador desvalorizou R$ 55,5 milhões. Ainda vale muito: R$ 222,1 milhões diante dos R$ 277,6 milhões que valia.

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

8° - Fàbregas (Chelsea)

Campeão inglês com o Chelsea também desvalorizou R$ 55,5 milhões. Despencou de R$ 185 milhões para R$ 129,5 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

7° - Iniesta (Barcelona)

O veterano do Barça desvalorizou R$ 55,5 milhões, de R$ 129,5 milhões para R$ 74 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

6° - Robben (Bayern de Munique)

Já se preparando para a aposentadoria, o atacante holandês custaria R$ 37 milhões para quem ousasse contratá-lo. Um desconto de R$ 66,6 milhões pois já foi cotado a R$ 103,6 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

5° - Falcao Garcia (Monaco)

O goleador colombiano também anda em baixa no mercado. Ele desvalorizou R$ 74 milhões. Caiu de R$ 129,5 milhões para R$ 55,5 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

4° - Wayne Rooney (Manchester United)

O veterano atacante inglês viu seu vslor no mercsdo cair pela metade: de R$ 148 milhões para R$ 74 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

3° - Jackson Martínez (Ghangzhou Evergrande)

O colombiano fazia sucesso no Porto e resolveu se aventurar na Ásia. Escondido, agora vale só R$ 33,3 milhões, uma desvalorização de R$ 77,7 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

2° - Mario Götze (Borussia Dortmund)

Herói do título mundial da Alemanha vale agora 'apenas' R$ 74 milhões. 3 chegou a estar cotado por R$ 166,5 milhões, uma queda de R$ 92,5 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

1° - James Rodríguez (Real Madrid)

Encostado no time merengue, meia colombiano desvalorizou R$ 111 milhões. Caiu de R$ 296,1 milhões para R$ 185,1 milhões

Três brasileiros figuram entre 20 jogadores que mais se desvalorizaram no mundo

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

ABolaPune
há 4 meses1.7k visualizações

Seis vitórias e um empate, liderança isolada e incríveis 90,47% de aproveitamento. Nunca, em 15 edições dos pontos corridos do Brasileirão, uma equipe teve um início tão bom como este do Corinthians. Óbvio que a competição está no começo, mas os números do Alvinegro surpreendem.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

Ninguém apostava na liderança do Corinthians, tampouco com campanha dessa magnitude. Ainda mais após vitórias sobre equipes de tradição como Santos, São Paulo, Vasco e Cruzeiro.

Os jogadores corintianos não se iludem com o começo arrasador e sempre pregam humildade e cautela. Nada de se gabar com o topo da tabela. Mas que estão brilhando, não temos como negar.

Desde uma segura defesa, até um esquema tático firme, sobram motivos para explicar a boa fase corintiana. Aqui citaremos 8 deles:

1 - Ataque desencantou

Apesar da fama de time das vitórias por 1 a 0, o ataque corintiano vem dando as cartas neste Brasileirão, no qual é o segundo melhor, com 14 gols marcados em 7 rodadas, média redonda de dois gols por partida. Artilheiro Jô anotou quatro vezes.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

2 - Organização tática

O gol contra o Cruzeiro mostra como o time do Fábio Carille trabalha bem a bola. Foram 2 minutos e 37 segundos de trocas de passes no ataque dos dois lados do campo até o surgimento do escanteio e o gol de Balbuena.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

3 - Ajuda de todos

Zagueiros fazendo gol e atacante evitando lá atrás. A colaboração de todos os jogadores nas mais diversas partes do campo é um diferencial corintiano. Romero virou o espírito da raça da equipe por aparecer diversas vezes combatendo na defesa. Já vimos Jason como volante, Jô na armação, Balbuena de centroavante...

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

4 - Visitante indigesto

O Corinthians ganhou seus três jogos como visitante nesse Brasileirão, sempre saindo na frente do marcador. Fez 1 a 0 diante de Vitória e Atlético-GO e 5 a 2 no Vasco.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

5 - Sabe passar sufoco

A equipe de Carille não se envergonha em se fechar na defesa após abrir o marcador. E sabe suportar a pressão adversária. Foi assim no final do jogo diante do São Paulo e em boa parte do segundo tempo diante do Cruzeiro.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

6 - Bom contra-ataque

Fechado na defesa, o Timão sai muito bem nos contragolpes, com velocidade e boas tramas que normalmente terminam com gol. O time deu lição de contra-ataques diante do Vasco.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

7 - Marcação sob pressão

Vira e mexe o Corinthians adianta sua marcação para dificultar a saída de bola dos oponentes. E a tática surte efeito, como no segundo jogo diante do São Paulo, no qual Jô rouba a bola de Maicon após pressão e depois Gabriel aproveita o rebote do goleiro.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase

8 - Muralha defensiva

A defesa do Corinthians repete o feito de competições anteriores e novamente se destaca por sofrer poucos gols. São apenas cinco sofridos em 7 rodadas.

Corinthians tem melhor início dos pontos corridos. 8 motivos explicam a boa fase
Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
ABolaPune
Equipe Storia Brasil