A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A Bola Pune
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

ABolaPune
há 2 meses10.1k visualizações

Palmeiras, Atlético-MG e Flamengo abriram a temporada como candidatos a ganhar tudo. Com elencos fortes e milionários, a aposta era que conquistariam títulos. Começaram mal, optaram por trocas de técnicos e os dois primeiros já viram Cuca e Rogério Micale provarem que as mudanças não surtiram efeito. Exemplo para o Rubro-Negro abrir o olho.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

No mundo do futebol é comum um treinador novo chegar e sacudir o elenco, fazer as coisas ACONTECEREM. Mas no caso de Palmeiras e Atlético-MG foi o contrário. Nada deu certo e os vexames se multiplicam.

Cuca 'tomou' o lugar da aposta Eduardo Baptista para recuperar o prestígio do time abalado com a eliminação no Paulistão. Pela frente tinha Brasileirão, por pontos corridos, e os mata-matas da Copa do Brasil e da Libertadores, o suprassumo verde.

E foi justamente nos jogos eliminatórios as grandes decepções. Duas quedas, para Cruzeiro e Barcelona do Equador, e crise instalada no Palmeiras.

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Foto: César Greco/Palmeiras

Roger Machado foi crucificado por não fazer o Galo render em alto nível e caiu. Rogério Micale nem bem chegou e já anda questionado. Tropeços no Brasileirão e queda nas oitavas da Libertadores diante do outrora saco de pancadas Jorge Wilsterman, da Bolívia.

Após o 0 a 0 que custou a vaga na Libertadores, em casa, o técnico campeão olímpico foi bastante criticado, ofendido até, e não estranhem se cair rapidamente.

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Também fora da Libertadores, mas ainda sonhando na Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil (está na semifinal), o Flamengo optou por se desfazer do prata-da-casa Zé Ricardo. Roger Machado era a primeira opção e disse "não" e agora o colombiano Reinaldo Rueda vai assumir o desafio. Já chega pressionado e sabendo que elenco forte e milionário não é garantia de título. Vide o exemplo dos rivais. Cuidado, Flamengo!

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Foto: Divulgação

Palmeiras investe milhões e fracassa na meta do ano. O que fazer agora?

ABolaPune
há 2 meses4.9k visualizações

Restando 144 dias para o fim do ano, 2017 acabou para o Palmeiras. Eliminado nas oitavas de final da Libertadores, o clube viu o alto investimento de R$ 115 milhões não servir para nada. Sem nenhuma conquista, fracassou na missão principal de conquistar a América e, consequentemente, o mundo. Tem quatro meses de martírio pela frente.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Palmeiras investe milhões e fracassa na meta do ano. O que fazer agora?

Foto: Reprodução/Globo

'Culpa' do Barcelona. Não aquele, mas o genérico, do Equador. Eles não tinham Messi nem Suárez, porém foram bravos para levar a melhor nos pênaltis em pleno Allianz Parque após derrota por 1 a 0 no tempo normal.

A cobrança de Egídio, defendida pelo goleiro, silenciou a casa verde. Levou palmeirenses às lágrimas com a queda precoce na Libertadores. E trouxe diversos questionamentos e baixas.

O que Cuca fará agora? Egídio perdeu o pênalti decisivo e depois de ser considerado o culpado na queda da Copa do Brasil, dificilmente terá mais clima para seguir após nova falha. Dudu machucou o joelho e chorou. Mina também se lesionou. Moisés voltou a sentir dores. E o palmeirense deixou o estádio dolorido com o vexame e nem deve mais lotá-lo no ano após a decepção.

Sem contar Felipe Melo, afastado e sem futuro definido. E o caro Borja cada vez mais revoltado por ser um reserva encostado.

Ninguém imaginava a eliminação. Só com o Brasileiro pela frente, com 15 pontos atrás do líder, o que fazer com tantos jogadores no elenco (foram 14 contratações)? Já dá para pensar em 2018? A manutenção da comissão técnica sugere isso. Mas o Palmeiras virou um grande ponto de interrogação. Uma pena.

Palmeiras investe milhões e fracassa na meta do ano. O que fazer agora?

Foto: César Greco/Palmeiras

Palmeiras investe milhões e fracassa na meta do ano. O que fazer agora?

Foto: César Greco/Palmeiras

Palmeiras investe milhões e fracassa na meta do ano. O que fazer agora?

Foto: César Greco/Palmeiras

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
ABolaPune
Equipe Storia Brasil