BEM-ESTAR

4 dicas para você escolher sua próxima cerveja artesanal

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

Você já notou que os supermercados estão cada vez mais cheios de cervejas “diferentes” nas prateleiras, né? Pois é, cerveja artesanal não é mais coisa de gente especializada no assunto. Loiras, morenas, mulatas… Elas estão por toda a parte, e será que não chegou a hora de você experimentar e ficar íntimos de algumas delas?

Para quem quer começar a navegar pelos mares das cervejas artesanais, a melhor opção é sempre procurar um bar que tenha um bom cardápio. Pegar qualquer uma da prateleira do seu mercadão é arriscado. Vai que você pega logo uma de um estilo que não encaixa com seu gosto… Corre o risco de você ficar traumatizado e passar o resto da vida com Budweisers, Stellas e Bohemias.

4 dicas para você escolher sua próxima cerveja artesanal

Não que as grandes cervejarias não ofereçam bons produtos. Só que são cervejas da massa. A artesanal tem personalidade, tem uma história diferente que você vai levar pro próximo bar e compartilhar com alguém que vai te mostrar uma cerveja diferente, com outra história. E aí esse ciclo prazeiroso vai se repetindo a vida toda. É bom demais.

Mas chega de enrolação, né? Pra saber que cerveja pedir, você precisa saber quatro coisas básicas. Se o barman for dos bons, ele mesmo vai te pedir isso. Mas se não for o caso (ou se o bar estiver lotado), você pode se resolver sozinho. Olha só como é fácil:

1. Conheça você mesmo

4 dicas para você escolher sua próxima cerveja artesanal

Se você já bebe cerveja, tem pelo menos alguma ideia do que gosta, certo? Não precisa nem saber o que são ales ou lagers nem a diferença entre weiss e wit. Pra começar, basta reconhecer se você gosta de cervejas mais ou menos amargas. Ou então saber se gosta de bebidas mais leves ou encorpadas. Já é um bom começo.

2. O seu gosto é que importa

4 dicas para você escolher sua próxima cerveja artesanal

Você pode ouvir todo mundo falando sobre os muitos tipos de IPA (india pale ale) ou sobre como stouts achocolatadas são imperdíveis, mas não adianta insistir num estilo modinha se aquilo não encaixa com o que você prefere. Então se você não gosta de cerveja amarga (IPAs e stouts têm amargor acentuado quase sempre), experiente diferentes lagers, ales, blonde ales e por aí em diante. O que não falta é variedade no mercado hoje em dia.

3. Iniciantes são bem-vindos

4 dicas para você escolher sua próxima cerveja artesanal

Bartenders (especialmente os que entendem de cervejas artesanais!) gostam de explicar sobre os estilos diferentes e dar dicas para novatos, então não se intimide ao chegar no bar. Diga logo que não conhece muito e vá ouvindo as dicas. Ouça as que se encaixam melhor no seu paladar e comece por elas. Aos poucos, vá experimentando e descobrindo marcas e estilos.

4. Seja honesto

4 dicas para você escolher sua próxima cerveja artesanal

Se o bartender sugerir algo e você não gostar, seja honesto e diga na cara. Só não seja mal educado, né? Afinal, ele está ali para dar sugestões e não para te dizer que uma cerveja é melhor que outra - até porque gosto é pessoal e intransferível! Mas se você for sincero, aumentam muito as chances de o bartender acertar na segunda dica. E na terceira. E na quarta. E na sétima…