PETS

5 animais que foram salvos por próteses biônicas

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro
5 animais que foram salvos por próteses biônicas

A medicina e a robótica não param de avançar e espantar com sua capacidade. Quando as duas trabalham juntas, então, os resultados são assombrosos. Como no caso destes cinco bichinhos que conseguem ter uma vida quase normal graças à ajuda de próteses.

1. O gatinho Pooh

Pooh é um gato búlgaro, que perdeu as patas traseiras em um acidente de carro, quando ele tinha apenas um aninho de idade. O cirurgião Vladislav Zlatinov, de Sofia, colocou Pooh na sala de operações e implantou duas patas mecânicas. Hoje, o gatinho consegue ter uma vida normal.

2. O cãozinho Derby

Derby nasceu sem as patas dianteiras e com as patas traseiras deformadas. Para se locomover, ele tinha que se arrastar, mas sua vida mudou em 2014, quando uma empresa chamada 3D Systems deu ao cãozinho um par de patas feitas em impressora 3D. Hoje, Derby consegue correr, pular e até ficar de pé e sentado sem problemas.

3. Freddy, a tartaruga

Freddy perdeu a maior parte de seu casco em um incêndio florestal no Brasil, mas ganhou um novo graças ao trabalho de um artista local e de projetistas 3D. Hoje, a tartaruga vive normalmente na casa de um veterinário.

4. O tucano Grecia

Grecia é um tucano que perdeu uma parte do bico porque foi vítima de uma brincadeira cruel de crianças. A ave foi encontrada ferida e levada ao ZooAve Rescue Center, que fica na Costa Rica e é o maior centro de reabilitacão de animais selvagens da América Latina. Lá, começou uma campanha que ganhou atenção mundial para dar um bico artificial a Grecia. O tucano virou um símbolo da luta contra crueldade com animais e finalmente ganhou um novo bico.

5. O golfinho Winter

Winter, o golfinho, perdeu a cauda em uma armadilha para caranguejos, mas cientistas criaram uma prótese para ele. A cauda artificial faz com que Winter nade movendo o corpo para cima e para baixo. Hoje, seus movimentos estão sendo estudados para que uma nova (e melhor) cauda seja projetada.