TECNOLOGIA

5 coisas que você precisa fazer se quiser se manter seguro na internet

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro
5 coisas que você precisa fazer se quiser se manter seguro na internet

Mesmo que você não saiba quem é o precavido (e, às vezes, paranoico) Edward Snowden, você deve saber que o mundo virtual não anda lá muito seguro hoje em dia. Quem tem um computador e navega na internet precisa se preocupar com vírus, malwares, phishing e todo tipo de golpes. Tem também um monte de hacker tentando roubar identidades. O que fazer, então? Pelo menos cinco itens são obrigatórios na lista de cuidados a tomar:

1. Dupla identificação

A sigla é conhecida como 2FA, que em inglês é “two-factor identification”. Na prática, isso é um processo para confirmar uma identidade de duas maneiras separadas. Um exemplo é quando você digita senha e login e, em seguida, recebe uma mensagem de texto com um código. Aí você insere o código para acessar sua rede, seu computador, o que for. É mais ou menos assim, com um sistema de tokens, que os bancos online operam.

2. Senhas fortes

A gente tenda a achar que é exagero quando um site nos pede uma senha com pelo menos X caracteres, uma letra maiúscula, um símbolo, etc. e tal, mas isso é realmente necessário para dificultar o trabalho dos hackers. Também seria bom se você usasse senhas diferentes em sites diferentes. Eu sei, dá trabalho memorizar isso tudo, mas é tudo em nome da segurança.

3. Regras de comunicação segura

Elas são básicas, por isso é bom respeitá-las. São coisas do tipo nunca enviar uma senha por email e não usar computadores públicos nem WiFi para acessar seus dados bancários. Sabe quando você entra no Starbucks e recebe um aviso de que aquela rede não e segura? Pois é, leve isso a sério.

4. Nunca clique em links suspeitos

Mas como saber o que é um link suspeito? Para começar, qualquer link que chegue em um email que você não está esperando ou que venha de um remetente desconhecido. Se você ganhou um prêmio que nem sabia que estava concorrendo, também duvide. Emails supostamente de bancos também devem sempre ser questionados.

5. Faça backups

Também é um processo longo e que muita gente não tem paciência de fazer, mas é a única maneira de você não perder tudo no caso de um ataque hacker, de um vírus ou um malware.