FOTOS

5 incríveis imagens da NASA que mostram como mudou a cara do planeta

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

A NASA publicou recentemente uma série de imagens feitas do espaço que mostram como desastres naturais, reses humanos e outros fatores vêm contribuindo para mudar o planeta de uma forma gigante. Afinal, se é possível notar a mudança do espaço, é porque ela foi drástica.

As imagens abaixo mostram o impacto do aquecimento global o aumento da urbanização e suas consequências, além de inundações e incêndios. Vejam!

1. Ilhas artificiais em Dubai

5 incríveis imagens da NASA que mostram como mudou a cara do planeta

A construção dos primeiros arquipélagos artificiais começou em 2001 na costa de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Os resultados ficam visíveis na foto da direita, que mostra quase 232 quilômetros adicionais de costa.

2. Expansão urbana de Nova Déli

5 incríveis imagens da NASA que mostram como mudou a cara do planeta

De 1991 a 2016, quando foram feitas as duas imagens acima, a população de Nova Déli e seus subúrbios cresceu de 9,4 milhões para 25 milhões. Hoje, é a segunda cidade mais povoada do mundo, atrás apenas de Tóquio. A expectativa da ONU é que a população da cidade chegue a 37 milhões em 2020.

3. Degelo na Groenlândia

5 incríveis imagens da NASA que mostram como mudou a cara do planeta

A água de degelo se acumula sobre a superfície da capa de gelo da Groenlândia a cada primavera ou verão, mas esse fenômeno começou excepcionalmente cedo em 2016 - resultado do aquecimento global.

4. Inundação em Hamburg, Iowa

5 incríveis imagens da NASA que mostram como mudou a cara do planeta

Em 2011, as fortes chuvas e a neve acumulada causaram inundações ao longo do rio Missouri. A cidade de Hamburg, no estado americano de Iowa, foi a mais prejudicada por causa de várias falhas nos diques. Ao fim de 2022, engenheiros do Exército dos EUA reconstruíram os diques.

5. Irrigação em Chihuahua, no México

5 incríveis imagens da NASA que mostram como mudou a cara do planeta

As imagens acima mostram as mudanças causadas pelas práticas agrícolas no estado mexicano de Chihuahua. O grande desvio de água da represa Luis L. León para fim agrícola afetou a vegetação na parte nordeste do estado e reduziu significativamente a quantidade de água que chega ao rio Bravo.

Os círculos vermelhos mostram os sistemas de irrigação para cultivar alfafa e sorgo para fazendas leiteiras. A queda no abastecimento de água para o rio Bravo ameaça o habitat da fauna e da flora locais.