FOOD

7 dicas para comer sushi sem passar vergonha

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

Nem é novidade que a comida japonesa chegou e tomou conta das cidades brasileiras sem pedir licença. Hoje, basta abrir qualquer site de delivery que em alguns casos os japoneses superam até as pizzarias. Então se todos seus amigos querem ir naquele japa da moda e você fica cheio de medo porque ainda não sabe comer de hashi (aqueles pauzinhos!), dá uma conferida nessa listinha pra ficar por dentro de como a coisa funciona.

7 dicas para comer sushi sem passar vergonha

1. Use hashi

Pode soar estranho, mas no Japão, come-se sushi com as mãos. É perfeitamente aceito. No Brasil e no Ocidente, é muito provável que te olhem feio se você fizer isso num restaurante chique. Então use hashi pra não correr risco. Mas se você insistir em comer com a mão, saiba que isso só vale para os sushis, que são aqueles rolinhos de arroz com peixe cru em cima. Com sashimi, aquelas fatiazinhas de peixe cru, essa regra não se aplica. Hashi é obrigatório.

2. Peça aos poucos

Em vez de fazer todo seu pedido da noite de uma vez só, vá fazendo pedidos pequenos aos poucos. No caso do sushi, a temperatura do arroz é muito importante. Se você pedir muito, o arroz vai esfriar na sua mesa e secar antes que você coma. 

3. Uma peça, uma mordida

Comida japonesa é arte, amigo. Cada pedacinho de sushi e makimono (os rolinhos) foi pensado pelo chef para que cada ingrediente tenha determinado peso no sabor total. Então, não vá partir no meio as peças de comida antes de colocá-las na boca.

4. Arroz por cima

Essa é meio óbvia, mas muita gente só descobre depois de despedaçar um pedaço de sushi e deixar o prato cheio de arroz. Funciona assim: quando for mergulhar o sushi no molho shoyu, nunca encoste o arroz no líquido. A chance de o bolinho se desmanchar é enorme. E aí seu sushi já está desperdiçado.

5. Do claro para o escuro

Comece a refeição comendo peixes mais claros e depois vá para os mais escuros - que também são mais gordurosos. Estes têm sabor mais forte. Se você comê-los no início da refeição, o sabor vai ficar na sua língua e anular o gosto dos peixes brancos.

6. Vinho branco

Vinho branco seco é a melhor opção para acompanhar comida japonesa. Casa melhor do que, digamos, uma cerveja. Saquê também vale, mas muita gente acha que a bebida (que é feita de arroz) bate de frente com o tempero usado no arroz do sushi.

7. Sente-se no bar

Okay, isso não vale se você for com um grupo grande de gente, mas é perfeito para quem vai sozinho. Ali no balcão você vê a comida sendo feita e pode interagir com o chef. E aí é bem grande a chance de ele te dizer quais são os melhores peixes do dia. Essa é a boa!