GAMES

As 5 piores armas na história dos games

Autor

Se você já passou tempo suficiente diante de um console, sabe muito bem do que este texto trata. Quem já se aventurou num game de ação conhece o drama. Não importa o jogo nem o console, tem sempre uma arma que não serve pra nada. Ou não faz o efeito que você precisa ou a munição acaba rápido demais ou simplesmente você não consegue nem usar. Ah, tá achando que é exagero? Tá duvidando? Então se liga na lista:

5. A Faca do Gigante (The Legend of Zelda: Ocarina of Time)

As 5 piores armas na história dos games

Os fãs de Zelda devem estar numa mistura de riso e raiva agora. Essa “faca”, que na verdade era uma espada, se partia depois de três ou quatro usos.

4. Rivet Gun (Deadspace 2)

As 5 piores armas na história dos games

A bichinha atira pregos, o que até faria sentido se Dead Space 2 não tivesse uma arma parecida e mais eficiente (a Javelin Gun). Para matar alguma coisa com a Rivet Gun, você precisa de um cartucho inteiro, enquanto dois ou três tiros da Javelin Gun normalmente resolvem o negócio.

3. Adaga (Castlevania)

As 5 piores armas na história dos games

A adaga de Castlevania é quase um inimigo. O máximo que ela faz é cair sobre a sua cabeça no pior momento possível.

2. Ivory Straight Sword (Dark Souls II)

As 5 piores armas na história dos games

Dark Souls II não é um jogo muito longo. É daqueles que dá para zerar sem precisar desligar o console pra almoçar o tomar banho. Isso, claro, se o gamer não insistir em usar a “ivory straight sword”. Parece um sabre de luz, mas faz pouco estrago e leva um século para usar.

1. Klobb (GoldenEye 007)

As 5 piores armas na história dos games

Nada presta aqui. Ela é feia, o barulho de reload é pavoroso, e a precisão deixa a desejar. Imbatível, pelo menos nesta lista aqui.