BEM-ESTAR

As melhores cervejas para você encher a cara sem engordar

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

“Barriga de cerveja.” É assim que falam daquele seu conhecido gordo que está sempre tomando umas e vendo um joguinho de futebol na TV. Pois é, mas nao vale culpar a coitada da cerveja. Muita gente tende a rotular nossas loiras geladas como bombas calóricas, mas a verdade é que dá pra beber bastante hoje em dia sem engordar - ou pelo menos sem culpar a coitada da cerveja.

As melhores cervejas para você encher a cara sem engordar

No fundo, álcool faz a gente engordar de duas maneiras. Uma: ele tem calorias; e duas: ele monopoliza seu metabolismo. Isso quer dizer que enquanto você estiver bebendo, o corpo vai queimar as calorias do álcool e guardar as calorias dos alimentos para queimar mais tarde (ou não - depende de o quanto você se exercita). Então o que acontece é o seguinte: quanto maior o teor alcoólico, mais você pode engordar, entendeu?

É aí que entram as cervejas ‘session’, que são aquelas com teor alcoólico bem abaixo da média, quase sempre entre 3% e 4%. Aliás, se você quiser saber mais sobre elas, clique na explicação abaixo. Mas, por enquanto, o que importa para nós é o teor alcoólico, o culpado por fazer a gente engordar.

Agora a gente já sabe que cervejas ’session’ engordam menos, mas quais delas a gente deve tomar? A notícia ruim é que a maioria das cervejas mais famosas e mais vendidas têm teor alcoólico na casa dos 5% (como Budweiser, Heineken e Stella Artois). O ideal é ficar abaixo disso. A boa notícia é que, não importa suas preferências cervejeiras, existem ótimas cervejas com teor alcoólico baixíssimo no mundo (o problema talvez seja encontrá-las no Brasil). Vejamos algumas:

Para quem gosta de cerveja escura, tipo stout, pode se surpreender com um sorriso no rosto aqui. A irlandesa Guinness, considerada por muitos uma cerveja forte, tem 4,2% de teor alcoólico. Sim, pode correr para o pub e aproveitar. 

Tudo bem, a Guinness talvez não seja a bebida mais indicada para o verão. Você prefere algo mais leve? Tudo bem, você pode partir para uma lager basicona, mas é difícil achar uma boa - boa mesmo - com teor alcoólico reduzido. Uma ótima opção é a Stillwater Yacht (4,2%), quase impossível de achar no Brasil. Ela até tem uma representante no país - a Beer Legends, de Porto Alegre - mas não aparece nos cardápios das melhores lojas virtuais. 

Ainda no quesito cervejas leves, você pode apelar para uma Sierra Nevada Kellerweiss (weiss, 4,8%) ou uma Hoegaarden (wit, 4,9%), mas o ideal é escolher algo com teor alcoólico mais baixo.

Se você prefere IPAs, comemore. Existe um monte de Session IPA no mercado. E isso vale para as lojas virtuais e até para seus supermercados mesmo. Basta entrar e escolher uma. E para os fãs das pale ales, uma que dá pra encontrar sem grandes problemas no Brasil é a Goose Island honkers Ale (4,2%), uma americana feita em estilo english pale ale. Vale experimentar, né? A balança agradece.