COMPORTAMENTO

Chá de queijo: prepare-se porque cedo ou tarde essa modinha vai chegar ao Brasil

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

Sabe tendência hipster? É aquela bandinha de rock que ficou conhecida (só de uma meia dúzia) porque o vocalista lia Camus; ou aquele filme sul-coreano cheio de efeitos toscos mas que ganhou fama (só para meia dúzia) porque o roteirista deu uma entrevista dizendo que queria homenagear Tolstoi; ou aquela grife que produz estampas inspiradas no trabalho de artistas pouco conhecidos (só por meia dúzia) do período barroco. Deu pra entender, certo?

Chá de queijo: prepare-se porque cedo ou tarde essa modinha vai chegar ao Brasil

Pois a próxima dessas tendências é esquisitíssima e não deve estar muito longe de chegar ao Brasil. Afinal, a modinha começou em Taiwan e já está tomando Nova York de assalto. É o chá de queijo. Sim, você leu direito, mas não custa repetir, com maiúsculas, negrito e pontos, que é pra não ter erro. CHÁ. DE. QUEIJO.

Antes da Grande Maçã, a “tendência” (dá até arrepios usar essa palavra) fez sucesso em Singapura e Hong Kong. Londres pode ser a próxima vítima, afinal a rede de chás taiwanesa Happy Lemon tem franquias na capital inglesa.

Mas não pense que “chá de queijo” é uma loucura por si só. A coisa é insana porque existem quatro versões do negócio. Você pode pedir, por exemplo, chá verde com queijo salgado. Ou então (respire fundo) CHOCOLATE COM QUEIJO SALGADO. A gente jura que não é mentira.

A receita também vem “evoluindo”. A primeira fórmula usava queijo em pó, mas agora as pessoas vem adotando cream cheese no topo do chá. Os baristas batem esse cream cheese com leite vaporizado até fazer espuma. A rede de Los Angeles Little Fluffy Head (vide post abaixo) vem fazendo isso.

Quando isso vai chegar no Brasil? Talvez já exista naquela cafeteria hipster que você (não) conhece. Talvez, ainda não. Mas fique ligado porque cedo ou tarde alguém vai postar no Instagram, e quando isso acontecer vai ser um caminho sem volta.