LGBT

Conheça a primeira playmate transgênero da história

Author

Uma francesa acaba de fazer história numa revista masculina que tem um passado enorme. Ines Rau, clicada para a edição de novembro/dezembro da Playboy, é a primeira playmate transgênero a figurar na publicação. E não é apenas mais uma edição da revista. Trata-se do número que homenageia Hugh Hefner, fundador da Playboy, que morreu em setembro.

Conheça a primeira playmate transgênero da história

Três anos atrás, em 2014, Rau apareceu pela primeira vez na revista. Foi na edição de maio, em um especial chamado “Evolução”, que falava sobre a aceitação do gênero que vai além do binário homem-mulher. Logo depois disso, a francesa assinou pela primeira vez com uma agência de modelos.

Rau conta que passou muito tempo sem falar que era transgênero. “Eu tinha medo de nunca encontrar um namorado e de ser vista como estranha. Então eu passei a pensar que deveria ser apenas como eu sou. É uma salvação poder falar a verdade sobre você mesmo, seja sobre seu gênero, sexualidade, o que for. As pessoas que te rejeitam não valem a pena. Não é questão de ser amado pelos outros, mas de se amar.”

Conheça a primeira playmate transgênero da história

Apesar de ser a primeira playmate transgênero, Ines Rau, de 26 anos, não foi a primeira transgênero a aparecer na Playboy. Em 1981, Caroline “Tula” Cossey, que foi uma Bond Girl em “007 - Somente Pra Seus Olhos”, posou para a revista em 1981. No entanto, foi só no ano seguinte que se descobriu que Tula nasceu homem. Ela foi clicada novamente pela Playboy em 1991.

Imagens via Divulgação/Playboy.