POLÍTICA

Conheça o rio na Nova Zelândia que ganhou direitos iguais aos de humanos

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

A Nova Zelândia é um país fora de série. O povo é amigável, a natureza é privilegiada, o clima é delicioso e não falta o que fazer por lá. E eles ainda respeitam mais a cada dia que passa o povo maori - a tribo polinésia que foi a primeira a habitar o país.

Conheça o rio na Nova Zelândia que ganhou direitos iguais aos de humanos

Em 2017, esse respeito ganhou uma dimensão inédita. Após 140 anos de reivindicações de uma tribo maori na ilha do norte (a Nova Zelândia é composta de duas ilhas), o Rio Whanganui recebeu os mesmos direitos legais que um ser humano tem no país.

A notícia é estranha para a maioria dos habitantes do planeta, mas não é assim que o povo maori vê as coisas. O rio é essencial para as pessoas que vivem em suas margens. A lei é uma extensão oficial de um ditado da comunidade local, que diz, em maori: Ko au te awa. Ko te awa ko au”, que quer dizer “eu sou o rio, o rio sou eu.”

A assinatura da lei foi motivo de festa para o povo maori que compareceu ao parlamento. Após a leitura da legislação, o grupo festejou com um canto local.

A lei não é apenas simbólica. Na prática, ela cria um sociedade limitada que será administrada em benefício do rio. Os membros da sociedade terão, por lei, a obrigação de agir em benefício do Rio Whanganui.