TV

Ele foi procurar lugares pra filmar 'Narcos' e acabou assassinado no México

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

Muita gente pode achar que viajar pelo mundo e visitar lugares que podem servir de cenário para filmes e séries é o emprego dos sonhos. Só que ninguém faz ideia que o trabalho do location scout (nome desse profissional) é duro e perigoso. O que aconteceu no México é prova disso.

Ele foi procurar lugares pra filmar 'Narcos' e acabou assassinado no México

Carlos Muñoz Portal, 37 anos, era location scout para a série "Narcos" e foi ao México para observar possíveis locações para a quarta temporada do show da Netflix. A viagem, no entanto, terminou mal. Seu corpo foi encontrado cheio de buracos de bala em uma área deserta de San Bartolo Actopan, região com uma das maiores taxas de homicídios do país.

Muñoz tinha bastante experiência no ramo. Ele trabalhou na produção de filmes como “Sicario”, “007 Contra Spectre”, “Velozes e Furiosos” e “Apocalypto”. Um amigo da vítima disse ao jornal “El País” que criminosos locais talvez tenham se assustado com a presença de um estranho filmando a região.

A quarta temporada de “Narcos” supostamente vai abordar a ascensão do cartel de Juarez, no México, e a mudança por parte das autoridades americanas no combate ao tráfico de drogas. Na terceira temporada, o foco é o cartel de Cáli, na Colômbia. Não se sabe, porém, se a morte de Muñoz fará os produtores da série mudarem o foco da próxima série de episódios.