MÚSICA

Esse festival de música será só para mulheres 'até que homens se comportem'

Alexandre Ribeiro
Autor
Alexandre Ribeiro

A Suécia tem um problema de abuso sexual em seus festivais de música. Não é segredo. Recentemente, a edição 2018 do Bravalla foi cancelada por causa de quatro estupros e 23 casos de violência sexual registrados no festival de 2017. Por isso, alguém teve a ideia: por que não realizar um festival sem homens?

Esse festival de música será só para mulheres 'até que homens se comportem'

E é exatamente isso que vai acontecer. A comediante e apresentadora de rádio Emma Knyckare lançou a ideia: “ que tal fazer um festival muito legal onde apenas não-homens sejam bem-vindos até que todos homens aprendam a se comportar?” (é o que ela escreve no tweet abaixo). O projeto recebeu apoio, e a apresentadora confirmou que o tal festival sairá do papel e será realizado em 2018.

Knyckare avisou que em breve reunirá um grupo e organizadores e promotores para formatar o festival. Ela acredita que banir homens não é injusto. Eu uma entrevista ao jornal sueco Aftonbladet, ela declarou que “já que parece ok discriminar mulheres o tempo inteiro, talvez também seja ok proibir homens por três dias.”

Os organizadores do Bravalla soltaram um comunicado lamentando os acontecimentos envolvendo violência sexual no último festival. A banda Mumford and Sons também declarou que não voltará a se apresentar no festival sueco até que seja garantida segurança para todas mulheres.