CURIOSIDADES

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

Você gosta de frequentar bares quando sai de férias, mas prefere conhecer lugares novos e nada tradicionais? Então talvez essas cinco opções abaixo, espalhadas em cantos diferentes do mundo, sejam perfeitas. Olha só:

1. O Esqueleto (Suíça)

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

O HR Giger Museum Bar fica na cidade de Gruyères e foi projetado por Hans Rudolf Giger, o mesmo artista suíço que criou cenários e personagens do filme “Alien”. Ossos e caveiras estão por toda parte. Além disso, o ambiente é perfeito porque o bar fica em um castelo com mais de 500 anos.

2. O Caixão (Ucrânia)

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

O nome é traduzido como Bar da Eternidade, e o bar foi construído no formado de um caixão. Do lado de dentro, decoração sinistra e mais caixões dão um aspecto tétrico.

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

3. A Clínica (Cingapura)

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

Uma seringa para colocar o catchup (ou seria sangue?) na batata frita e cadeiras de rodas para você se sentar. O ambiente no The Clinic não é sinistro quanto o do caixão acima, mas não deixa de ser bizarro. Ou será que é para preparar o cliente para a hipótese de enfarto?

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

4. O Gelo (Emirados Árabes Unidos)

O Chiilout não é o único, mas foi o primeiro bar construído com gelo no Oriente Médio. Copos, mesas e cadeiras também são de gelo. Fica em Dubai, e para entrar é preciso pagar pelo menos US$ 17, o que equivale a um drink, luvas de lã e sapatos isolantes.

Esses 5 bares são tão estranhos que vale a pena visitar

5. Palavrões e bebida de graça (Espanha)

Na cidade de Cullera, perto de Valência, fica a Casa Pocho, onde clientes que insultam os garçons recebem tapas e cervejas de graça. A intenção dos donos é a melhor possível: fazer com que os clientes desabafem e esqueçam seus problemas.