COMPORTAMENTO

Estudo garante: se o mundo inteiro fosse vegano, saúde pública teria problemas

Автор

É inquestionável: a cada dia que passa, aumenta o número de pessoas adotando uma alimentação vegana, aquela que exclui qualquer produto de origem animal. Mas o que será que aconteceria se o mundo inteiro virasse vegano? Um estudo apontou resultados bem interessantes, viu?

Estudo garante: se o mundo inteiro fosse vegano, saúde pública teria problemas

(Imagem via Pixabay)

A principal conclusão da pesquisa, cujo resultado foi publicado pela Academia Nacional de Ciências dos EUA, afirma que se todos habitantes do planeta se tornassem veganos, o mundo inteiro sofreria deficiência de vários nutrientes.

Os cientistas afirmam que sem animais na terra, a quantidade de comida disponível para a população aumentaria em 23%. É curioso, mas isso aconteceria porque os grãos que hoje são utilizados para alimentar animais poderiam ser consumidos por humanos.

Isso aumentaria a quantidade de carboidratos, cobre, magnésio e cisteína. Por outro lado, e é aí que vem o problema, sem produtos animais haveria deficiências de cálcio, vitaminas A, D e B12, e ácidos graxos como araquidônico, eicosapentaenoico edocosahexaenoico. Alguns desses nutrientes ajudam a reduzir riscos de problemas no coração, contribuem para o desenvolvimento cognitivo e visual de crianças e também fazem bem para a visão.

Essa constatação, obviamente, se baseia apenas no consumo de alimentos. Afinal, seres humanos podem suprir suas necessidades usando suplementos vitamínicos. Os pesquisadores, no entanto, alertam para o perigo de que nem todo mundo tem acesso a esses suplementos e que isso deve ser considerado antes de adotar uma dieta vegana. Fique ligado!