DINHEIRO

Já é possível alugar um gamer profissional pra jogar 'Call of Duty' por você

Autor

Quem tem mais de 30 vai lembrar como é… Sabe quando você jogava um game com seus amigos, não conseguia matar um certo chefe e dava o controle para outra pessoa passar de fase? Esse costume diminuiu à medida em que os games online ficaram mais comuns, e quase ninguém vai na casa de outra pessoa para jogar. Maaaas agora existe um serviço que resolve esse “problema”.

Já é possível alugar um gamer profissional pra jogar 'Call of Duty' por você

Uma empresa chamada Bidvine, do Reino Unido, coloca à disposição gamers profissionais de Call of Duty. Você paga £15 por hora (cerca de R$ 65), e o cidadão melhora suas estatísticas, consegue uma promoção ou destrava alguma funcionalidade do game. Fica a critério e gosto do cliente e suas prioridades.

Por enquanto, o serviço só está disponível para moradores do Reino Unido. Quem procura a Bidivine precisa fazer um cadastro com endereço e um código postal do país. Aí, então, ele determina que ranking e prestígio gostaria de alcançar no game, que itens quer destravar e etc. O usuário também pode exigir que o gamer profissional vá até sua casa para jogar.

Da sua parte, a Bidvine garante que exige de seus gamers contratados uma prova de que eles têm a habilidade necessária em Call of Duty. A empresa recebeu vários pedidos de emprego e está, aos poucos, adicionando nomes a seu elenco de profissionais. 

É trapaça? Depende do ponto de vista. Talvez seja tão trapaça quanto o que fazia o garoto que pedia para o amigo derrotar o chefão 20 anos atrás. Resta saber se a Activision, produtora de Call of Duty, vai conseguir detectar o serviço e banir usuários que apelem para os profissionais.