GENTE

O palavrão te dá força, e é a ciência que está dizendo isso

Alexandre Ribeiro
Author
Alexandre Ribeiro

Atletas que disparam palavrões antes de suas competições ficam mais fortes. Pelo menos foi isso que disseram os médicos da Sociedade Britânica de Psicologia durante a recente convenção realizada na cidade de Brighton, no Reino Unido. E preste atenção porque isso vale também para pessoas comuns.

O palavrão te dá força, e é a ciência que está dizendo isso

Segundo Richard Stevens, da Universidade de Kiel, na Alemanha, alguns estudos realizados demonstraram que pessoas que falam palavrões toleram melhor a dor em comparação com os que sofrem em silêncio. Isso talvez aconteça porque os palavrões estimulam a parte sistema nervoso que move o corpo e faz o coração bater mais forte em situações perigosas. E isso, segundo o pesquisador, indicaria que quem fala mais palavrão fica mais forte - pelo menos naqueles instantes logo após os xingamentos.

Para colocar a tese em prova, Stephens e seus colegas reuniram 30 voluntários. Cada um deles passou por provas de força ou resistência. Pedalaram em uma bicicleta ergométrica e apertaram um dispositivo que mede a força de aperto manual.

A sacada foi a seguinte: metade dos participantes pôde soltar alguns palavrões antes do exercício. A outra metade teve de ficar em silêncio. Os resultados apontaram que os voluntários que xingaram utilizaram 10% a mais de energia durante o exercício da bicicleta e aplicaram 20% a mais de força ao apertarem o dispositivo.

Segundo os cientistas, o ritmo cardíaco, as variações de pulso, a pressão sanguínea e a propriedades elétricas das peles dos participantes não fizeram nenhuma diferença, o que pôde isolar o resultado dos xingamentos. Resumindo? Todos nós precisamos entender a força dos palavrões.