PALADAR

Quando e como você deve tomar cerveja com sobremesa

Autor

Foi-se o tempo em que cerveja era aquela pilsen (quase sempre aguada!) pra só tomar estupidamente gelada nos dias quentes. Hoje em dia, todo mundo conhece vários estilos de cerveja, sabe a temperatura certa para servir e já entramos, inclusive, na harmonização.

Quando e como você deve tomar cerveja com sobremesa

Sim, harmonização. Todo mundo fala que vinho tinto combina com carne, vinho branco é pra se tomar com peixe e tem queijo certo pra tomar com cada tipo de uva, né? Pois é. Cervejas variam muito mais que vinhos. Logo, é possível harmonizar cada prato com um estilo diferente. As possibilidades são muitas, mas quando o casamento é certo, o resultado é glorioso. Inclusive nas sobremesas. Quer ver?

1. Mousse de chocolate com cervejas escuras e fortes

Stouts como a famosa Guinness são o complemento perfeito para sobremesas. Tão perfeito que restaurantes já vêm incorporando a cerveja irlandesa em algumas receitas que levam chocolate. A teoria é a seguinte: quanto mais forte a sobremesa, mais encorpada precisa ser a cerveja. Para brownies, recomenda-se uma IPA escura, um pouco amarga.

2. Witbiers com bolos

Witbiers são cervejas de trigo feitas em estilo belga que geralmente levam laranja, coentro ou algum outro ingrediente cítrico. Uma Hoegaarden, melhor e mais conhecido exemplo do gênero, combina perfeitamente com bolos de cenoura e de café.

3. IPAs e sobremesas tropicais

Se sua sobremesa é gelada e leve como um bolo de abacaxi ou uma torta de limão, experimente harmonizar com uma IPA frutada (a Baden Baden tem uma de maracujá, por exemplo) - algo que tenha mais aroma do que amargor.