ESPORTES

Tecnologia falha feio, e França suspende uso na linha do gol

Yazar

Quem foi que disse que a tecnologia no futebol ia acabar com os erros e as polêmicas? Pois na França a coisa anda tão feia que a federação local precisou suspender o uso da chamada “tecnologia da linha do gol”, aquela que indica para o juiz quando a bola ultrapassa a linha e entra na meta de um dos goleiros.

Tecnologia falha feio, e França suspende uso na linha do gol

O primeiro problema aconteceu num jogo da Copa da Liga francesa, na vitória do PSG sobre o Amiens por 2 a 0. A bola chutada por Rabiot, no segundo gol da partida, cruzou a linha, mas a tecnologia que deveria ter alertado o juizão simplesmente não funcionou. Sorte que a falha técnica foi corrigida por outro avanço da tecnologia: o juiz assistente de vídeo, que olhou as imagens das câmeras e apontou o gol corretamente.

O segundo caso também aconteceu na Copa da Liga, na partida entre Angers e Montpellier. Só que aí aconteceu o contrário. Ainda no primeiro tempo, o relógio do árbitro vibrou indicando gol quando a bola, na verdade, não tinha entrado. O juizão, então, dispensou o recurso nos 45 minutos finais.

Depois disso tudo, a Federação Francesa suspendeu a tecnologia de linha do gol até que a GoalControl, empresa responsável, consiga resolver os problemas. Mas que ninguém ache que a gente vai voltar a debater lances como antigamente. Até que a GoalControl se resolva, a Federação Francesa vai continuar usando o juiz de vídeo. Ou seja: a tecnologia no futebol é um caminho sem volta.