COMPORTAMENTO

Twitter destrói Kevin Spacey, que saiu do armário ao ser acusado de assédio

Autor

O mundo de Kevin Spacey virou de cabeça para baixo. Primeiro, foi acusado de assediar um ator de 14 anos. Depois, pediu desculpas e revelou sua homossexualidade, mas viu sua estratégia para mudar o foco naufragar sem salvação. Agora, é alvo incessante de ataques e críticas de todos os lados.

Twitter destrói Kevin Spacey, que saiu do armário ao ser acusado de assédio

(Imagem via Vimeo / Adora Weddings)

Tudo começou quando o ator Anthony Rapp, hoje com 46 anos, disse ao BuzzFeed News que Spacey tentou seduzi-lo em 1986, quando ambos estavam em shows na Broadway (Rapp fazia “Precious Sons”, enquanto Spacey estrelava “Long Day’s Journey Into Night”). Na época, Spacey tinha 26 anos e convidou Rapp para uma festa em seu apartamento. No fim da noite, os dois ficaram sozinhos no local e, segundo Rapp, o anfitrião tentou iniciar um ato sexual.

Depois que a versão de Rapp começou a circular, Spacey usou sua conta no Twitter para pedir desculpas - ou quase isso. Disse ter todo o respeito do mundo por Rapp e que ficou horrorizado ao ouvir a história. O ator, vencedor do Oscar de melhor ator por “Beleza Americana” no ano 2000, afirmou também não lembrar do caso e que só poderia ter estar bêbado para fazer aquilo.

No mesmo tweet (leia a íntegra abaixo), Spacey diz que o caso lhe deu coragem para abordar outro aspecto de sua vida: a homossexualidade. Revelou ter vivido casos amorosos com homens e mulheres e que agora escolhe viver como homem gay.

Só que a revelação, que em outro momento poderia ser visto como um gesto bacana e inspirador para outros homens gays, acabou funcionando como um tiro no pé do próprio Spacey. Afinal, muita gente viu o gesto como uma manobra Underwoodiana - algo que seu personagem em House of Cards, Frank Underwood, faria para desviar a atenção de um determinado assunto.

O problema é que o mundo real não parece tão fácil de ludibriar quanto a Washington de House of Cards. O que não faltou foi gente importante atacando o ator.

“ ‘Claro, eu posso ter tentado estuprar um menino de 14 anos quando eu tinha 26, mas sou gay!’ é uma péssima defesa .”

“Perdão, Sr. Spacey, mas seu pedido para fazer parte da comunidade gay neste momento foi negado.”

“Kevin Spacey: Minha sexualidade não é da conta de vocês.
Anthony Rapp: Kevin Spacey me assediou quando eu tinha 14 anos.
Kevin Spacey: Sou um homem gay com orgulho.”

“Então acho que Kevin Spacey estará na Ellen nesta semana para falar sobre como é difícil se assumir gay.”

"Não me importo nem um pouco se Kevin Spacey é gay. As acusações de que ele assediou sexualmente uma criança é que DEVERIAM ser nosso tema de conversa.”

“Em outras notícias, Kevin Spacey não negou assediar sexualmente Anthony Rapp quando ele era um menino de 14 anos. Também culpou a bebedeira. Imperdoável.”