ESPORTES

Você precisa ver esse gesto incrível de solidariedade na Maratona de Londres

Alexandre Ribeiro
Autor
Alexandre Ribeiro

Fair play, solidariedade, humanidade. Chame como quiser. Sorte nossa que para cada falta desleal, para cada gesto teatral, para cada pênalti cavado o mundo do esporte nos brinda com um momento bacana ou um gesto que nos faz acreditar mais na vida e na civilização. Foi assim neste fim de semana, na Maratona de Londres.

Você precisa ver esse gesto incrível de solidariedade na Maratona de Londres

O nome do “herói” do dia é Matthew Rees, que praticamente abandonou a prova - certamente, abandonou sua chance de fazer um belo tempo - para ajudar outro corredor a terminar a prova de 42 quilômetros. Aconteceu a 200 metros do fim, quando David Wyeth sofreu de exaustão e perdeu completamente a coordenação motora.

Tão perto da linha de chegada, muitos corredores ignoraram o estado de Wyeth. Rees, não. Ele parou para acudir o colega corredor e, com a ajuda de um funcionário da Maratona de Londres, ajudou Wyeth a completar a prova. A cena é comovente. Veja abaixo.

No pelotão de frente, os campeões da prova foram Mary Keitani e Daniel Wanjiru - ambos quenianos. Na prova de cadeira de rodas, Devdi Weir, dono de seis medalhas de ouro olímpicas, foi o campeão pela sétima vez.