ESPORTES

Você vai se emocionar com esses 6 momentos incríveis do esporte em 2017

Autor
Você vai se emocionar com esses 6 momentos incríveis do esporte em 2017

(Imagem via YouTube / 98.1 KHAK)

Esporte é mais do que vitórias e derrotas. Acompanhar um evento esportivo, seja na quadra, num estádio, na TV ou na internet, é ver histórias acontecendo ao vivo. É se emocionar. É aprender algo sempre. E para cada sequência incrível de eventos que envolvem nomes famosos como Lionel Messi ou Roger Federer, existe uma história igualmente comovente com alguém de quem você nunca ouviu falar. Isso fica muito claro na lista de indicados ao Prêmio Laureus de “Melhor Momento Esportivo” de 2017. Veja cada um deles!

1. Pedaladas até um gol histórico

Kamel Zaroual, torcedor do Olympique de Marselha, pedalou pela França inteira para arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade que trabalha com crianças. Durante todo o trajeto, vestiu a camisa de seu clube. Por isso, foi convidado para dar o pontapé inicial do jogo entre o Marselha e o Toulouse. O combinado era ele tocar a bola para Dimitry Payet, um de seus ídolos. Kamel, no entanto, mudou os planos. Pegou a bola e saiu em arrancada até chutar ao gol do Toulouse. O goleirão Alban Lafont não alcançou, e a bola morreu no fundo das redes. A torcida foi à loucura no Estádio Vélodrome, e Kamel ainda ganhou um abraço de Rudi Garcia, técnico do Olympique.

2. Escalada em cadeira de rodas

Em 2011, o escalador Lai Chi-wai, um dos melhores do mundo, foi atropelado por dois carros quando andava em sua moto e ficou paraplégico. Na época, sua esposa estava no hospital, grávida e prestes a dar à luz. Três meses depois, Lai começou a trabalhar como técnico do time de escaladas de Hong Kong. Em dezembro de 2016, tornou-se o primeiro paraplégico a escalar a montanha Lion Rock, em Hong Kong. Hoje, Lai toca a vida com palestras motivacionais. “Ouse sonhar e ouse tentar - não deixe as limitações de seu corpo te desencorajarem de fazer o que você ama.”

3. Aceno coletivo

O Kinnick Stadium, do time de futebol americano da Universidade de Iowa, tem 70,585 lugares e fica coladinho no Stead Family Children’s Hospital, que também pertence à instituição de ensino. Das janelas dos leitos, dá até para ver as partidas. Só que um belo dia uma uma pessoa fez uma sugestão no Facebook, e aquilo viraria uma das cenas mais emocionantes do mundo do esporte. No fim do primeiro quarto de cada jogo, todos os torcedores acenam na direção das janelas do hospital. E não foi só isso: no dia 7 de outubro de 2017, a banda marcial formou no gramado uma mão que apontava para o hospital. Um momento mágico.

4. Dois gigantes finalmente juntos

A recém-criada Laver Cup colocou lado a lado dois gigantes do tênis. Pela primeira vez em suas carreiras, Roger Federer e Rafael Nadal jogaram juntos numa partida de duplas. O mundo parou por 81 minutos para acompanhar o jogão. Os dois sorriram, se abraçaram e ganharam. Como o próprio Laureus define, foi a versão tenística de um eclipse solar. Inesquecível.

5. 2 milhões de remadas de caridade

Chris Bertish decidiu atravessar o Oceano Atlântico em uma prancha de stand-up paddle (SUP). Loucura, não? Sim, mas uma insanidade com um objetivo nobre: arrecadar dinheiro para instituições de caridade da África do Sul. Ele saiu do Marrocos e 93 dias, 4.050 milhas náuticas (ou 7.500 quilômetros) e cerca de 2 milhões de remadas depois, chegou a Antigua. Conseguiu US$ 380 mil na jornada. “Saber o impacto que isso vai ter faz valer cada dia no oceano.”

6. Uma viagem inesquecível

Um time de basquete com meninos de 12 a 14 anos da cidade de Caiçara, na Paraíba, conquistou uma vaga no Campeonato Brasileiro Estudantil, mas uma notícia triste acabou com a comemoração: o governo não tinha dinheiro para mandar os meninos a Curitiba, onde seria a competição. Os garotos, então, ofereceram a vaga ao time do Colégio Motiva, que foi vice-campeão estadual. Só que o Motiva recusou e começou uma campanha para arrecadar dinheiro para o Caiçara viajar. Até Lucas Bebê, do Toronto Raptors, da NBA, ajudou, e os meninos conseguiram ir até a sonhada competição.