CELEBRIDADES

Danilo Gentili afirma ser perseguido por fazer piada com mulher gorda

Bapho Cabeça
Autor
Bapho Cabeça
Danilo Gentili afirma ser perseguido por fazer piada com mulher gorda

Quem nunca ouviu ou fez piada com uma pessoa gorda? Isso fez parte da nossa infância. Foi piada em aniversarios, festas, escolas, reuniões familiares. As melhores pegadinhas e câmeras escondidas envolviam sempre crianças, pessoas gordas, mulheres e todo mundo se divertiu muito. Qual é o problema de uma boa piada? Qual é o problema de rir?

Essas são questões levantadas pelo comediante e apresentador Danilo Gentili sempre que apontam como nocivo algo que ele soltou em seu programa ou redes sociais. E dessa vez não foi diferente, quando o mesmo publicou em seu Twitter uma piada sobre uma influenciadora gorda da internet.

Com isso surgiram vídeos, relatos, tuítes e muita discussão sobre o polêmico comediante. Vamos conversar sobre?

Danilo Gentili afirma ser perseguido por fazer piada com mulher gorda

Danilo Gentili é conhecido por polêmicas

Não é a primeira que Gentili ataca com suas piadas. Ele já falou sobre coisas muito sérias, atacando personalidades de todo o mundo sobre assuntos que ele chama de “politicamente correto”, como a luta das mulheres por liberdade, direitos, o debate sobre racismo, sobre preconceito, pressão estética e tantos outros assuntos que o apresentador já mostrou completa aversão.

Podemos contar o tempo de quando Danilo fica em silêncio. Ele some da mídia e logo surge falando algo “chocante” e ganha os holofotes.

Podemos destacar isso como uma estratégia eficiente, afinal, ele até programa na TV tem, mas também abre muita discussão sobre como consumimos entretenimento. Será que Danilo é realmente engraçado ou só bate em assuntos controversos para sempre estar com o nariz de palhaço?

Piada com gordo não é piada

Nunca foi, mas sempre esteve na ponta da boca. Temos uma longa tradição de piadas com minorias e preconceituosas. Uma sociedade que dá risada com orientais pelo “olho puxado”, que chama pessoas que gostam de se arrumar de “viado”, que fala que se chover Xuxa no colo cai Pelé. Não basta o racismo e preconceito institucionalizado, também transformamos isso aos poucos em pauta para o riso.

Na antiga Roma existia um termo para quando políticos e pessoas com poder tiravam a atenção das pessoas para pautas importantes ou praticavam a desumanização de seres humanos: circo e pão. Tática usada até hoje, consiste nos termos de alimentar seja com piadas, entretenimento ou até alimentos para que não busquemos questionar o que está sendo feito.

Não nos importa como a carne chega ao prato. Não nos importa quanta dor nossas piadas causam ao próximo. Não importa o que nossos governantes estão fazendo na prática. Não nos importa conhecimento ou curiosidade para buscar informações e questionar isso.

Com isso nos alienamos cada vez mais, distanciamento o pensamento crítico e o olhar empático e pessoas como Danilo Gentilli ganham cada vez mais audiência positiva.

Danilo Gentili afirma ser perseguido por fazer piada com mulher gorda

O politicamente correto é chato

Concordo, é realmente muito chato perceber que várias coisas que sempre acreditamos estar certas, que nossos pais, amigos, inimigos e todo mundo sempre fez, principalmente você, se mostra algo que causa dor e resultados negativos no mundo. Você acredita que a única forma de agredir alguém é dando um soco e mesmo um soco merecido é válido? Bem, é chato te falar, mas piadas, ofensas e ataques também podem se transformar em agressão.

Não é hipocrisia, mas se ater ao que nunca foi legal mas nós só percebemos agora. Dizem que estamos em constante evolução não? Evoluir também é isso, é ser chato, é olhar, dialogar, conversar e criticar a si e pessoas que tem poder de voz.

Mas e o humor, onde fica?

O humor fica onde deve estar: no que é realmente engraçado. Não, pessoas gordas não são objetos para riso. Não, crianças não são não humanas e engraçadinhas. Mulheres não servem apenas para limpar a casa, cuidar dos filhos e te entreter. Não, homem que gosta de homem não é nem um pouco engraçado.

Olhar de verdade para o próximo exige sim seriedade e assim, aos poucos, nosso humor vai encontrar outras formas de encontrar brilho e riso sem que seja com humilhação e ataques. Se essa geração está começando a perceber isso, imagine os filhos dos filhos deles. Quem sabe até lá nosso riso seja realmente feliz e não sobre a dor do próximo.

Quem sabe não exista Danilos Gentilis.

E você, o que acha de tudo isso? Acha que na piada tudo é válido? Deixe sua opinião. :)

Perfil da Autora

Danilo Gentili afirma ser perseguido por fazer piada com mulher gorda