CELEBRIDADES

Ed Motta se rende a talento de Pabllo Vittar

Yazar
Ed Motta se rende a talento de Pabllo Vittar

                                                                           Pabllo Vittar.

Em seu facebook, o cantor Ed Motta teceu elogios a cantora Pabllo Vittar. Claro que tudo o que é postado na internet tem mil críticas negativas nos comentários, e isso não foi diferente com o artista.

Ed Motta é sobrinho de Tim Maia e primo de Léo Maia, ele tem a música correndo no seu sangue. Além disso, ele trabalho a vida inteira em estúdios, como produtor, cantor e compositor. Ou seja, não é alguém que tem "opiniões" sobre o assunto, é alguém que realmente entende dessa arte.

Ed Motta se rende a talento de Pabllo Vittar

O cantor publicou o texto que pode ser visto na imagem acima, junto com o texto, ele publicou o vídeo que o deixou emocionado.

Ele elogiou muito os timbres da voz de Pabllo. Depois ele comentou sobre o ódio, que eu venho falando há tempo nos meus artigos, "Pablo faz um sucesso imenso, mas tem um exército de ódio yang que se incomoda profundamente com o que isso representa na sociedade obediente e engessada.

Pablo Vittar tem meu respeito." - escreveu o músico.

E o cantor está certíssimo. A qualidade da voz de Pabllo é muito superior a muitos músicos de sucesso. Mesmo não gostando do estilo de música, muito menos das letras, concordo que a cantora fez muito bem feito nesse vídeo mandando um som de uma das melhores vozes que a música já conheceu.

Ela cantou com maestria uma canção de Whitney Houston.

O vídeo pode ser visto abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=39JB7sBvHuc&feature=share

Mas a galera que camufla o preconceito em "opinião" e "gosto" continuou massacrando a cantora e começou a reprimir também Ed Motta. Começaram a dizer que se o Ed visse shows e outras performances da artista ele iria mudar de ideia, por exemplo.

Mas aí está uma prova de que o brasileiro-padrão só entende o que quer e quando quer. Brasileiros-padrão não conseguem entender que o mundo não é binário, para eles, se não é bom é mau, se não é preto é branco, se não é herói é vilão e por aí vai. Isso é prejudicial porque nem tudo é tão exclusivo assim no mundo real.

Um exemplo mais pálpavel são filmes, pode ser até filmes desses de heróis: nem sempre o héroi é inteiramente bom, muitas vezes ele comete atos que nem mesmo um vilão faria.

E o que fizeram com o texto do Ed Motta foi justamente isso. Começaram a destacar retalhos e não conseguiram interpretar o texto da forma como Motta quis que entendessem. Sendo assim, o cantor se retificou nos comentários e disse o seguinte:

Ed Motta se rende a talento de Pabllo Vittar

Analfabetismo funcional

Isso mostra mais uma vez como a leitura precisa começar a fazer parte da vida do brasileiro mais consistentemente. Os internautas veem algo e já pensam que pecisam dar suas opiniões, até aí tudo bem, todo mundo tem direito de expressão. Mas do que se adinta expressar uma opinião com base em nada? Com base em ódio?

Porque não tentar ler e conhecer um pouco mais sobre o objeto a ser criticado? Assim a critica pode ficar até mais consistente, e pode - pasme só - até ser construtiva na vida de quem você quer criticar.

Ninguém precisa de xingamentos para melhorar. E, para alguém que já enfrentou tanto preconceito e olhos tortos, não é com argumentos embasados em ódio que alguém vai conseguir frear o sucesso da Pablo.

Minha sugestão é: leiam mais. Depois, sim, pensem em criticar, mas de forma que não ofenda, de forma que torne realmente o convívio melhor, afinal só assim podemos ter um "mundo melhor".