CELEBRIDADES

Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

Autor

Olá gente querida!

Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

Quem já enfrentou uma demissão inesperada sabe que é uma das piores sensações. Você se sente impotente e decepcionado. Agora, imagina você ser dispensado depois de 30 ou 40 anos trabalhando no mesmo lugar? Complicado, não é mesmo.

Pois bem, entre 2016 e 2017, a Rede Globo fez uma verdadeira devassa no seu quadro de funcionários, tanto no departamento artístico como no jornalismo.

Entretanto, chamou a atenção o perfil dos profissionais “liberados”. Grande parte prestes a completar 50 anos de idade, como Carolina Ferraz, ou que já tinha quase 50 anos de trabalhos prestados à emissora da vênus platinada.

O que está acontecendo? Será que a Globo tem fobia dos funcionários cinquentões?

Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

No início de 2017, após liberar nomes como Cristiana Oliveira, Pedro Cardoso e Maitê Proença, a emissora defendeu o que classificou como “renovação” do seu elenco.

“O nosso banco de talentos é um ativo permanente, mantido com o cuidado e o investimento de sempre. Não é novidade que exista uma dinâmica entre contrato de prazo longo e de obra certa. Nós não estamos alterando o tamanho do nosso banco de atores e sim renovando os nomes”, afirmou o departamento de comunicação da emissora em nota oficial para o site Notícias da TV.

Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

Bem, ao longo de 2017, a tal “renovação” de nomes continuou, resultando na saída de Carolina Ferraz, Isabela Garcia e Nizo Neto.

A pergunta é: por que dispensar veteranos, profissionais experientes? Sim, entendi a parte da renovação. Mas como estamos falando de uma emissora conhecida pela qualidade das novelas, séries e outros programas de entretenimento, acredito que atores e atrizes de todas as idades são bem-vindos.

A Globo vai fazer agora apenas produções com a geração jovem como Isabela Santoni, Marina Ruy Barbosa, Bruna Marquezine e Rafael Vitti?

  • Envelhecer é proibido?
Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

O que acontece com a emissora, na verdade, é um reflexo da nossa sociedade, que tem certa fobia do envelhecimento. Essa mentalidade é um paradoxo, considerando que a população está envelhecendo.

A população de idosos acima de 65 anos teve um aumento de 73% nos últimos 16 anos no Brasil. Hoje, representa 8% da população nacional, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2060, essa participação subirá para 27% dos brasileiros. O que esses números alertam é que precisamos adotar um novo olhar para absorver essa camada, aliás, para nos aceitar melhor no futuro.

Entretanto, quando a maior emissora do País descarta profissionais com mais de 40 anos de casa ou com mais de 50 anos de idade, isso não parece caminhar para um futuro mais inclusivo. Envelhecer é proibido?

Uma pesquisa realizada pelo portal de recrutamento Vagas.com apontou que as empresas são resistentes a contratar quem ultrapassou a faixa dos 40 anos. O dado é desolador, principalmente, para quem se ver desempregado, em um mercado cada vez mais competitivo.

O levantamento mostrou que as empresas consultadas acreditam que profissionais nessa faixa etária são complicados por causa de fatores como: salários elevados; perfil conservador e o que consideram pouco respeito deles pela gestão de pessoas mais jovens. Também aparece na lista característica pouco inovadora, idade e conhecimento técnico defasado.

  • Alta Definição
Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

 Em um mundo cada vez mais conectado, parece ultrapassado esse conceito pré-estabelecido de que pessoas acima de 40 anos são conservadoras ou com conhecimento defasado. Essa mentalidade aplicada no contexto da Globo é ainda pior. Os profissionais dispensados são artistas. Arte não envelhece, ou seja, a matéria-prima de trabalho desses profissionais não envelhece.

Agora, o corpo envelhece, o rosto envelhece. Em uma realidade comandada pela tecnologia de alta definição, onde cada imperfeição é exposta com altíssima resolução, a experiência do banco de talentos deve preocupar a maior emissora do país.

Globo tem medo dos profissionais cinquentões? Entenda!

É uma pena tudo isso. Sinto falta de um talento como Joana Fomm, a inesquecível Perpétua da novela “Tieta”, Pedro Cardoso, que imortalizou o Agostinho de “A Grande Família”, e por último a simpática Isabela Garcia. Para minha decepção, há rumores de que o contrato da atriz Malu Mader também não será renovado. Aí sim, será o fim de uma era, especialmente, para quem acompanhou Fera Radical, Top Model, Anos Dourados e Anos Rebeldes.

Não me oponho ao novo, pelo contrário, isso faz parte da vida. Mas, também acho que podemos equilibrar essa relação. No lugar de tratar profissionais experientes e talentosos como se fossem objetos obsoletos e descartáveis, podemos dar a eles o respeito e os aplausos que merecem.

Essa reflexão funciona para nós também que não fazemos parte do meio artístico. Nos dedicamos, nos comprometemos, vestimos a camisa e, muitas vezes, vamos além do que é contratado. Entrar na casa dos “enta” (40, 50, 60) não deveria ser uma condição a ser usada contra nós.

Pelo contrário, como diria Millôr Fernandes, é preciso muito talento para envelhecer.

Então, o que você acha da Globo dispensar seus artistas veteranos? Deixe seu comentário e continua seguindo o perfil Bapho Cabeça.

Até a próxima!

Veja o artigo original no TopBuzz: 

https://www.topbuzz.com/baphocabeça/globo-tem-medo-dos-profissionais-cinquentões-entenda-CgLAsmSiVFo