GALÃS

10 músicas para entender a grandiosidade de George Michael #RIP

BingeWatchMe
Yazar
BingeWatchMe
10 músicas para entender a grandiosidade de George Michael #RIP

Quando a gente achava que nada mais poderia acontecer de ruim em 2016, lá vem mais um soco no meio da cara. George Michael nos deixou, com apenas 53 anos de idade. Além de ser um ícone gay, a música dele era boa demais. Se você não teve a oportunidade de conhecê-lo antes, vamos corrigir isso agora:

Freedom! '90

Sim, é um hino gay extremamente corajoso, mas também é mais do que isso. Esta canção fala sobre a decisão dele de sair do Wham!, uma das bandas britânicas mais bem-sucedidas dos anos 80, de deixar de ser o garoto perfeitinho, de parar de pensar em agradar todo mundo e finalmente ser ele mesmo. "Tudo que você tem que ver é que eu não pertenço a você e você não pertence a mim". É isso. Cada artista carrega a responsabilidade de fãs que esperam (e exigem) um certo tipo de comportamento. George deu uma banana para tudo isso. E assim transformou-se de mais um ótimo cantor pop em uma lenda.

I Want Your Sex

Mesmo antes de ter se "libertado", George já dava ótimos conselhos para a galera: "Sexo é natural, sexo é bom/ Nem todo mundo faz, mas todo mundo deveria". Fica a dica.

Careless Whisper

Provavelmente o riff de saxofone mais famoso da música (beijos, Kenny G), esta canção tem toda a breguice maravilhosa dos anos 80, uma melodia deliciosa e a voz de George que deixa tudo ainda melhor.

Wake Me Up Before You Go-Go (Wham!)

Bota isso aqui em qualquer festa que eu quero ver o povo não bater palmas e mexer as perninhas!

One More Try

Uma clássica música de FOSSA para aquele momento que você toma um belo pé na bunda. 

Everything She Wants (Wham!)

Por trás da melodia dançante e do clipe com esse monte de menina gritando na plateia, era possível perceber a frustração de George em um relacionamento em que ele fazia de tudo para agradar sua namorada, mas mesmo assim achava que não a amava. Anos depois, ele admitiu que depois que se apaixonou por um homem, percebeu que seus sentimentos por suas ex-namoradas não eram amor de verdade.

Faith

Este é um caso de videoclipe tão bom quanto a música. Ambos mostram o quanto a paixão de George Michael em sua maneira de cantar e dançar faziam toda a diferença.

Fastlove

"Meus amigos têm suas senhoras. Estão todos tendo bebês. Eu só quero me divertir".

JUSTÍSSIMO.

Too Funky

Esta canção é a "Vogue" de George Michael. Assista ao clipe e veja se você não encontra algo muito parecido com o que Lady Gaga faz atualmente.

Last Christmas (Wham!)

Que triste ironia George ter morrido justamente no Natal.

Assim como David Bowie e Prince, que também partiram neste sombrio 2016, George Michael redefiniu o significado de ser um homem. Eles eram apaixonados, apaixonantes, brilhantes (artisticamente e em seus figurinos), sensuais e sexuais. Podem não ter deixado herdeiros aparentes na música pop, mas nos presentearam com um inestimável legado de liberdade.

#georgemichael #pop #popmusic #RIP